LUSOFONIA

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Portugal-Forças da ordem: 3 suicídios em 2 meses, 200 em 20 anos— 2 cartas de Carlos a pedir dispensa de exéquias 03 Setembro 2022

Uma carta foi para a família, a outra para a corporação da GNR e em ambas Carlos Barros expressou que "foi uma tomada de decisão consciente e racional" e ao Comando Geral pediu "dispensa de cerimónias fúnebres militares".

Portugal-Forças da ordem: 3 suicídios em 2 meses, 200 em 20 anos— 2 cartas de Carlos a pedir dispensa de exéquias

Os próximos dizem que não entendem. Hugo Ernano, colega, "um amigo no trabalho" diz que nesse dia "o Carlos chegou como sempre bem disposto". Pouco depois, foi encontrado a agonizar na casa de banho do quartel da Pontinha, Lisboa.

Carlos Barros (foto ao centro), de 49 anos, tinha disparado um tiro na cabeça com a arma de serviço. Morreu pouco depois no hospital mais próximo, o de Santa Maria.

Hugo Ernano diz: "O Carlos era uma pessoa muito feliz. No trabalho era muito bem visto por todos nós, a nível profissional estava muito realizado. Dava-me muito bem com ele, que era uma pessoa muito alegre".

Ernano, que assume estar a obter apoio psicológico na instituição, diz: "Nada fazia pensar que isto pudesse acontecer. Por isso digo: os agentes precisam de ajuda, a nível psicológico. Não quer dizer que não haja, mas é preciso muito mais".

Clima de medo, de (o)pressão?

"A instituição não merece que gastemos, sequer, uma munição para nos matarmos!", desabafa um militar da GNR, que foi entrevistado mas manteve o anonimato.

O mal-estar devido à impossibilidade de ser ouvido pelos superiores hierárquicos é grande e "pode estar por trás de tanto suicídio", segundo esse entrevistado.

Essa deve ser a leitura a fazer dessa recusa de "cerimónias fúnebres militares", como o malogrado deixa claro na sua última carta.

Fontes: TVI/Notícias.com/...

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project