LUSOFONIA

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Portugal: Marielle Franco vai dar nome a rua em Lisboa – Homenageada na Alemanha, Paris e por fim Rio 02 Agosto 2019

Paris seguiu o exemplo da cidade alemã de Koln/Colónia que em dezembro de 2018 inscreveu na toponímia — mesmo que só simbólica e provisoriamente — a sua ’Marielle Franco Strass’, em homenagem à vereadora. A capital francesa foi a primeira a aprovar, em 24 de junho, a atribuição toponímica "Jardin Marielle Franco", perto da Gare de L’Est. Um mês depois, a Câmara Municipal de Lisboa aprovou dar o nome da malograda vereadora do Rio a uma rua em Lisboa. No mesmo dia, no Brasil quatro horas depois, essa a distância do fuso horário, a cidade natal dela fazia, por fim, o mesmo.

Portugal: Marielle Franco vai dar nome a rua em Lisboa – Homenageada na Alemanha, Paris e por fim Rio

A Câmara de Lisboa, capital da Lusofonia, vai ter a sua rua Marielle Franco, em homenagem à militante dos direitos humanos e equidade, vereadora do Rio de Janeiro assassinada em março de 2018. Ainda não foi decidido que artéria de Lisboa vai ter a nova designação toponímica.

A proposta votada na última quinta-feira partiu do vereador do Bloco de Esquerda, partido que detém o pelouro da Educação e Direitos Sociais na autarquia socialista.

Rio: 1ª homenagem rasgada por bolsonaristas

"Marielle Franco passará a nomear uma rua no trecho da Praça Cardeal Câmara que liga a Avenida Mem de Sá à Rua dos Arcos, na Lapa", em Santa Teresa. A escolha advém de que a "Marielle foi um símbolo pela luta dos direitos humanos e nada mais justo que homenageá-la", disse o subprefeito Pablo Mello, enfermeiro eleito em 2016 na lista do PP-Partido Progressista.

Em outubro, em vésperas da primeira-volta da eleição presidencial, dois apoiantes de Bolsonaro e candidatos a vagas de deputado pelo PSL do Rio posaram para uma foto em que exibem, sorrindo, um cartaz partido ao meio e que simula a placa toponímica com o nome da vereadora Marielle Franco (PSOL). O cartaz, que indica a “Rua Marielle Franco” (que não existe oficialmente), foi uma homenagem de simpatizantes da parlamentar e havia sido colocado na Cinelândia, Centro do Rio, diante da Câmara Municipal, sobre a placa que indica o verdadeiro nome da praça.

Fontes: Lusa/UOL/DW/ Arquivo. Detidos pelo assassinato de Marielle Franco dois militares próximos dos Bolsonaros, 13.mar.2019; Brasil: Morte de vereadora do Rio repercute-se na imprensa internacional e Temer é criticado, 16.mar.2019. Fotos: Placa simbólica em cidade alemã. Ato de campanha: candidatos do PSL, de Bolsonaro, rasgam a placa toponímica de homenagem. LS

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau

blogs

publicidade

Newsletter

Abonnement

Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project