LUSOFONIA

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Banqueiro português ligado a Isabel dos Santos no EuroBic morreu — Suspeitas de suicídio 25 Janeiro 2020

Nuno Ribeiro da Cunha, diretor do EuroBic, foi encontrado morto na noite de quarta-feira na sua casa em Lisboa, confirmou a PSP-Polícia de Segurança Pública ao ’Expresso’. Como gestor de conta da Sonangol, também no consulado de Isabel dos Santos na petrolífera, Cunha deu luz-verde a transferências consideradas suspeitas segundo revela o ’Luanda Leaks’.

Banqueiro português ligado a Isabel dos Santos no EuroBic morreu — Suspeitas de suicídio

O corpo de Nuno Ribeiro da Cunha, de 45 anos, foi encontrado na garagem da sua casa no Restelo, bairro elitista de Lisboa, cerca das vinte e duas horas de quarta-feira, 22, após uma chamada da esposa que não conseguia entrar na garagem.

A polícia e bombeiros ao chegarem para o socorrer encontraram o corpo já sem vida, com indícios de enforcamento, segundo avança o Correio da Manhã.

A Polícia Judiciária na quinta-feira voltou a repetir a informação que horas antes a fonte da PSP prestara ao jornal Expresso, de que" todos os indícios apontam para a hipótese de suicídio" na morte do diretor do EuroBic.

No mesmo dia, a PGR-Procuradoria-Geral de Angola notificara Nuno Ribeiro da Cunha — responsável pelas grandes contas do EuroBic, entre as quais a de Isabel dos Santos, acionista maioritária com 42,5% — de que tinha sido constituído arguido, com mais três pessoas, entre elas Isabel dos Santos, segundo avança o Correio da Manhã.

Primeira tentativa de suicídio na casa de férias

Segundo avança uma reportagem da TVI24, retomada pelo Deutsche Welle, Nuno Ribeiro da Cunha tinha feito uma primeira tentativa de suicídio no início do mês. Fora encontrado pela empregada da sua casa de férias, em Vila Nova de Milfontes — no Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina —, no passado dia 7, com graves ferimentos nos pulsos e no abdómen.

— -
Fontes referidas. Fotos: EuroBic, presidido desde 2016 pelo ex-ministro socialista Teixeira dos Santos (que sucedeu ao ministro social-democrata Mira Amaral), é um banco privado de direito português e capitais luso-angolanos, com duzentas filiais em Portugal e sede em Lisboa junto à Rotunda do Marquês. O edifício na Av. António Augusto de Aguiar situa-se, segundo o Le Monde, próximo do duplex de 737 m2, comprado em duas ocasiões em 2006 e 2012 por 3,8 milhões de euros, e que se suspeita pertencer a Isabel dos Santos. Banqueiro Nuno Ribeiro da Cunha.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project