LUSOFONIA

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Portugal: Morte súbita de Edil de Torres Vedras — Sucessora é vice-presidente 04 Maio 2021

O socialista Carlos Bernardes, de 53 anos, presidente do município de Torres Vedras, a pouco mais de 50 km de Lisboa, foi encontrado morto em casa na tarde de segunda-feira, 3. A morte súbita levou à intervenção da Polícia Judiciária, que esta terça-feira já declarou que "não há quaisquer indícios de crime". A vice-presidente, Laura Rodrigues, assumiu hoje a sucessão na presidência da edilidade, que decretou cinco dias de luto.

Portugal: Morte súbita de Edil de Torres Vedras — Sucessora é vice-presidente

A novel presidente da Câmara de Torres Vedras, Laura Rodrigues, de 57 anos, é a segunda eleita pela lista do Partido Socialista. De membro da Assembleia Municipal entre 2005 e 2009 passou a vereadora entre 2009 e 2015.

O torriano Carlos Manuel Antunes Bernardes foi eleito pela primeira vez em 2017 — ao fim de dois mandatos como vice-presidente entre 2005 e 2015. Em 2015, assumira o cargo de presidente, em substituição do então líder do executivo, Carlos Miguel, "que renunciou ao mandato para assumir funções no governo" de António Costa, segundo o Jornal de Notícias.

Segundo a imprensa da referência, Carlos Bernardes foi encontrado no seu quarto já morto, com um golpe de faca no pescoço. Uma faca estava ao lado do corpo e não havia sinais de violência, segundo a GNR torriana que ao chegar à residência constatou o óbito.

Conforme a Polícia Judiciária, a tese do homicídio está praticamente afastada, e a deslocação da PJ de Lisboa justifica-se pela necessidade de realizar a devida inspeção "e confirmar que não houve intervenção de terceiros na morte".

Fontes: TVI/RTP/DN/JN. Fotos oficiais.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project