LUSOFONIA

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Portugal: Prédio sem porta — Entrar e sair só com carro na garagem 26 Mar�o 2022

Confiantes no Estado de direito, as pessoas acabam por isso a cair em logros inacreditáveis. Compram o maior investimento das suas vidas no tosco. Moradores duma urbanização da cidade de Leiria, no centro de Portugal, na rota do santuário de Fátima, têm de entrar no seu prédio pela garagem, pois não têm acesso pedonal, nem automóvel, à parte da frente do edifício. São crédulas ou lógicas?

Portugal: Prédio sem porta — Entrar e sair só com carro na garagem

Virou notícia esta quarta-feira 23, a situação dos moradores dum prédio da ’Rua Cidade de São Filipe’ em Leiria. Sim, a capital do distrito homónimo cuja segunda cidade, Ourém, é geminada com a primeira cidade da ilha do Fogo.

Segundo contou a moradora Sara Fabião ao Jornal de Notícias — órgão nacional que ’pegou’ o tema que o diário regional eludiu —, há quatro anos, aquando da compra, "a imobiliária disse-nos que ia ser uma urbanização, mas a parte exterior, que é da responsabilidade do Município, nunca foi concluída", denuncia.

Para agravar a situação, o edifício não tem iluminação pública na parte da frente.
"À noite é assustador, porque é tudo escuro", relata Sara Fabião. Para minimizar o problema, os moradores colocaram uma luz de presença na entrada do prédio, mas o sentimento de insegurança mantém-se.

"Entramos todos pela garagem, porque temos medo", justifica. Também Eva Amaro, proprietária de outro apartamento, confirma que já apanhou alguns sustos, quando foi passear o cão à noite, porque há casais que vão namorar para ali, por não haver luz, pelo que deixou de usar essa porta (esconsa) do prédio.

Meia centena de pessoas vivem assim, porque há quatro anos acreditaram na palavra do promotor e confiaram que a entidade municipal trabalharia pelos leirienses — ledo engano. Três-quartos de milénio de história (à sombra do castelo medieval de Leiria, onde bem trovou el-rei Dom Dinis, nas serenatas animadas por jograis a penicar nas cordas das cítaras — para encantar as damas da muito devota Isabel, futura Rainha Santa) e mais um ledo engano, este, de autarca.

Fontes: JN.pt/Diário de Leiria. Foto (JN): Prédio sem porta, rua há quatro anos à espera da intervenção municipal.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project