LUSOFONIA

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Portugal é saída para investidores de Hong Kong em pânico ante nova lei chinesa 04 Junho 2020

Segundo notícias nacionais e internacionais desta terça-feira, 2, a classe mais endinheirada de Hong Kong — território insular cuja autonomia está sob ameaça com a nova lei chinesa — está a ver Portugal como a terra de liberdade, como indica a atual corrida ao visto gold/golden visa. Este programa, criado no governo de Passos Coelho em 2012, concede uma autorização especial de residência a estrangeiros que investem largos montantes em território português — o mínimo de 500 mil euros ou a criação de dez empregos.

Portugal é saída para  investidores de Hong Kong em pânico ante nova lei chinesa

Segundo o SEF-Serviço de Emigração e Fronteiras, mais de 20 mil pessoas obtiveram um visto gold, instituído há quase oito anos e que dá acesso à cidadania, além da imediata autorização de residência e circulação no espaço Schengen.

O programa muito procurado por chineses e brasileiros já fez entrar mais de 5 mil milhões de euros em Portugal. Não está porém isento de críticas e uma delas, segundo a IT-Transparência Internacional aponta, é que "não há diligências suficientes para verificar a origem do dinheiro".

Lei dura de Pequim faz recorrer a Portugal

Os hongkonguenses voltaram a sair à rua, na quinta-feira, 28, em protesto contra a nova lei da segurança nacional naquele território, que proíbe "qualquer ato de traição, separação, rebelião, subversão contra o Governo Popular Central, roubo de segredos de Estado, a organização de atividades em Hong Kong por parte de organizações políticas estrangeiras e o estabelecimento de laços com organizações políticas estrangeiras por parte de organizações políticas de Hong Kong".

"O número de pedidos de informação disparou, temos dezenas de pessoas a ligar todos os dias", disse uma empresa especializada no programa de vistos instituído há quase oito anos.

Em Hong Kong, "toda a gente está muito preocupada com o que está a acontecer", segundo afirmou à Lusa um dos sócios da Golden Visa Portugal Limited, empresa especializada na obtenção de vistos gold em Portugal através da venda de imobiliário.

Os clientes da empresa sediada em Hong Kong confiam mais em Portugal para investir, agora que a região especial chinesa vê limitada a sua autonomia, como negociado na recessão à China da antiga colónia britânica em 1997.

A empresa garante que além de haver muito mais pedidos de informação sobre o golden visa, "agora há muita gente a adiantar cauções" para garantir o processo, explicou o também sócio Jason Gillott.

Fontes: TVI/SEF/Jerusalem Post/Lusa…

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project