LUSOFONIA

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Pós-7-9: ’Brasil precisa de pacificação’, diz M.Temer que ajudou Bolsonaro com carta retractória— Caminhoneiros: difícil desmobilizar 13 Setembro 2021

"A solução está na pacificação e no entendimento", disse o ex-presidente Michel Miguel Temer na sexta após ser chamado a Brasília para ajudar o presidente Jair Messias Bolsonaro na agudização da crise gerada pelos atos anti-democráticos, no Dia da Independência marcada em várias cidades liderados pelo presidente. O chefe de Estado teve uma advertência do presidente do STF-Supremo Tribunal Federal: o desrespeito a decisões da entidade "configura crime de responsabilidade".

Pós-7-9: ’Brasil precisa  de pacificação’, diz M.Temer que ajudou Bolsonaro  com carta retractória— Caminhoneiros: difícil desmobilizar

"A solução para muitos problemas que os brasileiros enfrentam está na pacificação e no entendimento".Temer publicou ontem (6ªfª, 10) o comentário junto com o vídeo do seu embarque em Brasília no avião da FAB-Força Aérea Brasileira no regresso a São Paulo, após ter na véspera trabalhado com Bolsonaro — no contexto da crise com o presidente do STF e o ministro Alexandre de Moraes — para tentar apaziguar o alcance dos atos antidemocráticos liderados pelo presidente no "Sete de Setembro-Dia da Independência".

Na tarde de 5ªfª, 09 foi divulgada a carta, uma "Declaração à Nação" — sugerida por Temer que mostrou a sua redação a Bolsonaro, que a aceitou "acrescentando duas ideias".

Na carta divulgada, Bolsonaro afirma nunca ter tido a "intenção de agredir quaisquer dos poderes" e chega a atribuir a crise institucional a "discordâncias" em relação a decisões do ministro do STF Alexandre de Moraes

Segundo o texto, essas questões "devem ser resolvidas por medidas judiciais que serão tomadas de forma a assegurar a observância dos direitos e garantias fundamentais previsto no Art 5º da Constituição Federal". Ressalvou nesse sentido que "as pessoas que exercem o poder não têm o direito de ’esticar a corda’, a ponto de prejudicar a vida dos brasileiros e sua economia".

As palavras, "por vezes contundentes, decorreram do calor do momento e dos embates que sempre visaram o bem comum", relativizou Bolsonaro preto no branco antes de encerrar a nota com o lema "Deus, Pátria, Família".

Recorde-se que este slogan "Deus, Pátria, Família" foi originalmente usado pela AIB-Ação Integralista Brasileira, movimento pró-fascista que atuou no Brasil na década de 1930. A lição de História está a ser reavivada por Bolsonaro e filhos (01 a 04) que também usaram o slogan em publicações relacionadas com o partido ApB-Aliança pelo Brasil (no qual o filho mais novo, o zero-quatro Renan, então de 21 anos, desponta como prospetivo político já que foi eleito vogal (’Aliança pelo Brasil’ partido ainda sem legalizar, 25.nov.019).

Contacto telefónico Bolsonaro Moraes

"Durante o encontro de quinta, Temer promoveu um contato telefônico entre Bolsonaro e Moraes, ministro da Justiça no governo do ex-presidente e indicado por ele para o STF", segundo informa a Delis Ortiz, da TV Globo.

"A conversa foi amena e teve caráter institucional", resume a jornalista.

Bolsonaro chamou-os, eficácia da classe foi tanta que desmobilizar está difícil

O presidente há dois meses que preparava a grande manifestação que ia demonstrar a sua força, dada a crise aberta com o STF em que Bolsonaro desafiou que não cumpriria mais decisões do tribunal assinadas pelo ministro Alexandre Moraes (até com direito ao "xingamento" de "canalha").

"No Dia da Pátria, todos nós temos encontro marcado com o nosso regime", disse Bolsonaro na "chamada aos caminhoneiros". Eficaz: camiões bloqueiam centenas de estradas em todo o Brasil. Mas.. Bolsonaro que fez a mobilização da classe (a 2ª, depois de em maio de 2018, então candidato presidencial, ter ajudado a paralisar o Brasil durante dez dias) ainda não conseguiu desmobilizá-la.
— -
Fontes: Globo/UOL/Agência Brasil.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project