ACTUALIDADE

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Posse/PR: Primeiro-ministro diz esperar que PR tenha boa colaboração com Governo e outros órgãos de soberania 09 Novembro 2021

O primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva, disse hoje esperar que o novo Presidente da República seja o garante da situação da normalidade no país e que tenha uma boa colaboração com o Governo e outros órgãos de soberania.

Posse/PR: Primeiro-ministro diz esperar que PR tenha boa colaboração com Governo e outros órgãos de soberania

Segundo a Infororpess, Ulisses Correia e Silva que falava aos jornalistas, hoje no final da cerimónia de empossamento de José Maria Neves como quinto Presidente da República de Cabo Verde, mostrou-se convicto de que o novo Chefe de Estado irá utilizar a sua magistratura de influência para fazer cumprir a constituição e impulsionar positivamente o desenvolvimento do país.

O chefe do Governo garantiu que a coabitação política nunca esteve em causa, sendo que a mesma já resulta do quadro constitucional definido no país onde as competências e atribuições estão bem definidas.

Ulisses Correia e Silva afirmou que a positividade está no ar e que falta apenas fazer a prática acontecer.

“Do Presidente da República esparemos que faça o seu papel sendo que a constituição define claramente as competências e atribuições do PR, segundo o discurso de José Maria Neves não há preocupação em termos de estabilidade e coabitação, sendo que há boas relações quer institucionais quer pessoais”, apontou segundo a mesma fonte.

Essa disponibilidade, segundo o primeiro-ministro, é bom para a democracia cabo-verdiana e também para o desenvolvimento do país tendo em conta que a democracia fica mais madura sempre que acontecem eleições e que se consegue passar uma mensagem de tranquilidade para as populações.

Questionado sobre o facto de o novo Presidente da República afirmar que há um clima de medo em Cabo Verde, Ulisses Correia e Silva disse que não concorda porque no país as pessoas são livres de se expressarem e de assumirem as suas responsabilidades.

“Hoje em dia há cada vez mais redes sociais onde todos dizem e até ultrapassam os limites. Não creio que haja clima de medo em Cabo Verde muito menos clima de medo institucional”, apontou o PM citado pela Infrpress.

José Maria Neves, 61 anos, foi eleito Presidente da República na primeira volta das eleições presidenciais, realizadas no dia 17 de Outubro, com 95.974 votos, o equivalente a 51,75% do total dos votos.

O antigo primeiro-ministro (2001 -2016) torna-se, assim, no quinto Presidente da República de Cabo Verde depois de Aristides Pereira (1975 a 1991), António Mascarenhas Monteiro (1991 a 2001), Pedro Pires (2001 a 2011) e Jorge Carlos Fonseca (2011-2021).

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project