NOTÍCIAS

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Praça Alexandre de Algurquerque acolhe certame «Djunta Arte» esta segunda-feira 23 Abril 2018

A Comissão Nacional de Cabo Verde para Unesco (UNESCO-CNU) Organização das Nações Unidades para Educação, Ciência e Cultura, assinala, esta segunda-feira, em parceria com com a Sociedade Cabo-verdiana de Autores –SOCA, o Dia Mundial do Livro e dos Direitos de Autores que se celebra hoje,23, na Praça Alexandre de Algurquerque. O programa inclui uma concentração na Sede da SOCA e um percurso a pé até à referida Praça para um encontro de artistas, num projeto intitulado “Djunta Arte” com um leque variado de atividades em comemoração à efeméride.

Praça Alexandre de Algurquerque acolhe certame «Djunta Arte» esta segunda-feira

A iniciativa ocorre sob os auspícios da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura-UNESCO e visa assinalar a passagem do Dia Mundial do Livro e do Direito do Autor, que é celebrado em 100 países do mundo. O objectivo é proporcionar uma reflexão sobre a importância da leitura, assim como o prazer extraído dessa atividade.

« A data tem maior foco nos jovens, pois eles são muito mais atraídos pela tecnologia presente em aparelhos electrónicos e esquecem as antigas e essenciais fontes de conhecimentos, nesse caso os livros», lê-se numa nota remetida a este diário digital.

Para a mesma fonte, os direitos autorais vão ser também lembrados no evento de hoje, de modo a proteger a criação do autor e não tirar sua credibilidade através da pirataria. «Ter o dia do Direito do Autor é trazer reconhecimento pela contribuição que é dada à sociedade, assim como possibilitar maior estímulo aos autores em nunca desistir quanto ao desenvolvimento de suas obras».

De recordar que o dia 23 de abril foi proclamado, em 1995, pela organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO), como Dia Mundial do Livro e dos Direitos de Autor. Tem por base as datas de nascimento e de morte do dramaturgo e poeta inglês William Shakespeare (1564-1616) e de nascimento do escritor espanhol Miguel de Cervantes (1547-1616). «Por todo o mundo, os Estados-membros da UNESCO celebram o poder dos livros para nos reunir, e transmitir a cultura dos povos e seus sonhos de um futuro melhor», refere a nota que vimos citando.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade



Mediateca
Cap-vert

blogs

Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project