AUTÁRQUICAS 2020

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Praia: Any Reis assume-se como candidata que quer defender as mulheres 10 Outubro 2020

A candidata à câmara da Praia apoiada pelo grupo da Sociedade Civil prometeu hoje “um olhar especial” às mulheres, onde impera respeito e dignidade, assim como a criação de uma rede de serviços voltados para esta camada populacional.

Praia: Any Reis assume-se como candidata que quer defender as mulheres

Any Reis, que esteve esta manhã no mercado do Plateau, foi recebida, segundo descreve a Inforpress, com batucada e fez de seguida uma volta pelo espaço passando pelas bancas de venda e auscultando as preocupações das vendedeiras, apresentando depois o seu projecto de mandato, caso for eleita no pleito do próximo dia 25 de Outubro.

“Ouvimos aqui as mulheres a reclamarem de que não estão a ser bem tratadas, enquanto outras, com mais de 60 anos de serviço, neste mercado, contaram com tristeza o facto de, durante a pandemia, terem perdido vários produtos sem que a câmara se responsabilize pela perda”, disse, considerando tal atitude de “má conduta”, pois, sustentou, a câmara deve ser responsável por todas as perdas que acontecem no mercado.

Neste capítulo avançou que o plano da sua candidatura face às mulheres, particularmente as que estão no comércio informal, passa pela criação de condições e de incentivos para um maior empreendimento.

Entre as propostas que apresenta para a sua governação, no capítulo da mulher, quer disponibilizar rendimento mínimo para as senhoras com mais de 70 anos ainda a trabalhar no mercado da Praia e que não vão para casa, apesar de cansadas, por não terem qualquer outro benefício mensal.

Ao abordar este problema, apresentou ainda propostas voltadas para a saúde e bem-estar, com criação de zonas específicas para o tratamento de doenças crônicas, além de medidas relacionadas aos problemas habitacionais, com foco no desenvolvimento sustentável e ordenado.

“Sou candidata para defender o espaço das mulheres na política e a necessidade de sermos protagonistas da construção do nosso município e país. Quero mostrar que as mulheres podem e devem ter lugar de destaque na política e em todos os ambientes de poder. Por isso, a minha campanha tem um olhar especial para as mulheres, sobretudo, para a relação das mulheres com o mercado de trabalho”, revela segundo ainda a Inforpress.

Conforme disse, nas eleições de 25 de Outubro apela a todos a saírem de casa para darem o seu voto consciente para mudança em Any Reis e Zeca Barros para a construção de uma cidade mais próspera e pertença de todos.

Para este domingo, a candidatura da Sociedade Civil e a sua equipa vão continuar a priorizar as zonas norte da Cidade da Praia.

Para as eleições de 25 de Outubro, na Praia, estão inscritos nos cadernos de recenseamento 86.180 eleitores.

Nestas autárquicas, concorrem na Praia, Amândio Barbosa Vicente (PP), Any Reis (Sociedade Civil), Carlos Lopes (LUTA), Denise Tavares (DSB), Francisco Carvalho (PAICV), Francisco Silva (UCID) , Jeremias Garcia (MJT e Óscar Santos (MpD).

Nas eleições de 2016 neste município concorreram cinco listas, tendo o MpD (Óscar Santos) conquistado a câmara com 62,74% dos votos, PAICV (Cristina Fontes) 32,43%, UCID (Francisco Silva) 1,77%, PP (Amândio Vicente) 0,61%, e PTS (José Augusto Fernandes) 0,26%.

Conforme lembra ainda a Inforpress, a nível nacional, participa nestas autárquicas um total de 65 candidatos, sendo 22 do MpD, 22 do PAICV, sete da UCID, dois do PP (um no município da Praia e um para Assembleia Municipal na Boa Vista) e mais 12 independentes que disputam as câmaras municipais da Ribeira Grande (um), de Santa Catarina (um), São Domingos (um), Tarrafal de São Nicolau (um), Sal (um) Tarrafal de Santiago (dois), Praia (quatro) e São Vicente (um).

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project