ACTUALIDADE

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Praia: Francisco Carvalho diz que sua equipa conseguiu fazer mais do que o previsto no primeiro ano de mandato 20 Novembro 2021

O presidente da Câmara Municipal da Praia (CMP), Francisco Carvalho, disse hoje que os feitos “ultrapassaram de longe” aquilo que tinham previsto inicialmente quando assumiram a autarquia e encontraram um “caos total”.

Praia: Francisco Carvalho diz que sua equipa conseguiu fazer mais do que o previsto no primeiro ano de mandato

Francisco Carvalho falava aos jornalistas na Achada de Santo António à margem da inauguração das obras de requalificação do Campo de Sucupira, enquadrada num conjunto de inaugurações de infra-estruturas desportivas pela Câmara Municipal da Praia, no âmbito das actividades promovidas para assinalar o primeiro aniversário de tomada de posse.

“Mesmo havendo situações na CMP, nós estamos a caminhar e caminhamos de longe em relação aquilo que tínhamos pensado inicialmente quando constatamos o nível de caos e de abandono que encontramos na CMP”, precisou segundo a Inforpress.

Com a apresentação desse programa de inaugurações, disse Francisco Carvalho que a sua equipa está a apresentar um conjunto de resultados para que os munícipes apreciem, avaliem e depois digam o que acham desse um ano de mandato e da confiança que depositaram na actual equipa camarária.

“Precisamos fazer com que as pessoas, munícipes, cidadãos voltem a ter confiança nos políticos. Então, temos de ter um comportamento à altura de reconquistar a confiança dos cidadãos, prometer e cumprir”, disse o autarca, afirmando que, neste um ano, o maior desafio foi conseguir estabilizar a câmara municipal.

Segundo afirmou, é de conhecimento de todos que “não houve passagem de pastas” e que, após a actual equipa entrar no processo de gestão da CMP, todos os dias caíam-lhe no colo novas informações, situações e complicações.

“O desafio maior foi sim estabilizar a nível interno todo o processo, entender, analisar, perceber a câmara, fazê-la funcionar e conseguir ter essa comemoração de um ano de mandato desta forma, apresentando resultados concretos”, disse.

Francisco Carvalho ressaltou ainda que os resultados que estão a apresentar demonstram, de “forma clara”, que a CMP está “estabilizada” para continuar a trabalhar.

“Nós fomos para a CMP para cumprir aquilo que prometemos, e aquilo que prometemos é o resultado de um diálogo que tivemos antes com os munícipes no sentido de fazermos um levantamento das suas aspirações”, acrescentou.

Por outro lado, Francisco Carvalho disse ser “claro” que foi acrescentando ao programa de execução um conjunto de sonhos e vontades de outras pessoas que querem ver a Praia cada vez melhor e querem que a capital cabo-verdiana seja, de facto, cada vez mais, para todos.

“A revolução de lixo está a caminhar, é visível. Neste momento compramos todos os contentores à venda em Cabo Verde. Só não compramos mais porque não há em Cabo Verde e mandamos comprar no estrangeiro”, anunciou, completando que “nunca foram comprados dez camiões de uma só vez na CMP”.

Conforme ainda a Inforpress, Francisco Carvalho disse que esta revolução em relação ao saneamento tem “muitas pontas”.

“Continuaremos porque o objectivo central é maior ainda, é fazer com que Cabo Verde seja uma referência na zona da CEDEAO em matéria de tratamento de resíduos sólidos. Estamos a caminhar para isso e temos a certeza de que com a ajuda dos munícipes chegaremos lá”, frisou.

Para a sua equipa, disse Francisco Carvalho, todas essas inaugurações “são importantes” porque têm munícipes detrás que os consideram o seu ponto alto.

“Para nós, cada um é um ponto alto, vejo-os da mesma maneira porque todos representam afecto, ligação, sentimento de pessoas em relação à CMP, em relação à Praia, em relação à sua cidade que é de todos nós”, concluiu o Edil da Praia segundo a fonte deste jornal.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project