NOS KU NOS

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Praia: Jovem esfaqueou-se gravemente em Achada Grande Trás 05 Maio 2020

Um jovem de menos 30 anos, de Achada Grande Trás, esfaqueou - se, na noite desta segunda - feira, 04, tendo ficado gravemente ferido em várias partes do corpo, principalmente nas mediações do tornozelo. Uma fonte local confirmou a este jornal que a Policia Nacional foi chamado, por volta 23 horas, para intervir, mas não compareceu, alegando que estava sem carro de piquete. Segundo vizinhos, presume-se que a situação de fome com o estado de emergência (ver fotos de panelas vazias encontradas no local) poderá estar na origem desta tentativa de suicídio.

Praia: Jovem esfaqueou-se gravemente em Achada Grande Trás

Com o jovem a perder muito sangue, vizinhos tiveram que recorrer a bombeiros para o socorrer, cuja viatura só compareceu ao local depois de 23H45. De seguida, o ferido foi transportado para o Hospital Agostinho Neto, onde ficou em tratamento no momento do fecho desta edição.

Segundo testemunhos oculares, presume-se que o mesma tenha tentado suicidar-se, desferindo golpes com a chamada faca-80 nas várias partes do seu corpo, «tendo atingido sobretudo as mediações do tornozelo para tentar cortar o nervo desse sítio» No momento do acidente, ele cheirava bebidas alcoólicas.

O jovem é do interior de Assomada de Santa Catarina e mora numa situação degradante na parte de uma casa em construção onde é guarda, que fica no chamado zona de Marrocos. Vive sozinho no mesmo edifício.

Suspeitas de fome com panelas vazias

Consta que o jovem se encontra no desemprego, cuja situação terá agravado com a suspensão de obras de construção por causa do estado de emergência devido à pandemia de novo coronavírus no país. Embora esteja por esclarecer a circunstância em que decorreu esse caso, alguns vizinhos suspeitam que Jope poderá ter tentado pôr termo à vida por estar a passar por sérias dificuldades. É que quando foi perguntado por que motivo terá procedido daquela forma, respondeu para entre quatro e cinco parentes dele: «Para quê ficar vivo alguém com fome». Testemunhas presenciaram no local onde reside o jovem várias panelas vazias (ver foto) e um colchão de espuma degradado que usa para dormir.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project