NOS KU NOS

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Praia: Jovem supostamente desaparecida na Safende e marcha de protesto 31 Maio 2019

Está supostamente desaparecida de casa mais uma jovem, do concelho da Praia. Trata-se de Zaira do bairro de Safende (ver foto publicada na página de Safendetudora, pedindo ajuda na sua localização), que é também conhecida por Zaza. O SOS foi lançado na página de facebook de Safendetudora, que é uma organização sem fins lucrativos e que vem promovendo várias iniciativas em prol do desenvolvimento do referido bairro periférico da Praia - tem já marcado, para o próximo dia 01 de junho, na Capital, uma marcha de protesto contra desaparecimento de pessoas em Cabo Verde.

Praia: Jovem supostamente desaparecida na Safende e marcha de protesto

A população de Sefande está revoltada com este caso de desaparecimento de mais um residente. Segundo revela Safendetudora, Zaira encontra-se desaparecida, desde esta quarta-feira (29/05) à tarde. A mesma fonte escreve que a jovem morava no bairro de Safende, mais concretamente junto ao campo relvado dessa localidade.

«Familiares estão desesperados e andam à sua procura, correndo atrás dela. Por isso, pedem, a quem a tenha localizado ou tenha informações sobre o paradeiro dessa adolescente, o favor de ligarem para os números de telemóveis: 9144538, 9919798, 9801211», lê-se na mesma página.

O caso está a circular com intensidade nas redes sociais - mas até ao fecho desta edição não constavam a denuncia dessa ocorrência e fotos da suposta desaparecida no site oficial da Polícia Judiciária cabo-verdiana.

Para os mais prudentes, as pessoas devem prescindir de circularem informações sobre desaparecimento de pessoas sem que tenha passado 24 horas. É que, segundo alertam os críticos, procedendo assim pode-se evitar a criação de alarido desnecessário, caso se venha a descobrir a pessoa desaparecida, como recentemente aconteceu com a jovem estudante Lita, de Calheta de São Miguel. Esta, que foi dada como desaparecida da sua residência na Casa Lata-Palmarejo, foi localizada 48 horas depois na zona de Achadinha Pires, pela Polícia Judiciária.

Entretanto, conforme consta na sua página de facebook, Safendetudora critica que as comunidades estão revoltadas com vários casos de desaparecimento de pessoas em Cabo Verde - quatro crianças e três adultos em Santiago. Por isso, anuncia e convida os residentes da Praia a participarem numa marcha de protesto, no dia 1 de Junho - Dia Internacional das Crianças. Segundo o cartaz divulgado, a concretização far-se-à pelas 10 horas, no Park 5 de Julho, devendo depois os participantes dirigirem-se até ao Palácio do Governo, na Várzea.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project