SOCIAL

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Praia: Tribunal aplica TIR para sete suspeitos de ameaçar com arma de fogo elementos da Polícia Nacional 14 Novembro 2022

O Tribunal da Praia decretou termo de identidade e residência (TIR) a sete indivíduos suspeitos de ameaçar com arma de fogo e tentar desarmar elementos da Polícia Nacional (PN) que intervinham numa briga de grupos rivais.

Praia: Tribunal aplica TIR para sete suspeitos de ameaçar com arma de fogo elementos da Polícia Nacional

Conforme um comunicado da Polícia Nacional, a que a Inforpress teve hoje acesso, tudo aconteceu no passado dia 11, por volta das 07:35, na sequência de uma briga entre grupos de delinquentes rivais, no bairro de Bela Vista, Cidade da Praia.

“Duas viaturas e tripulantes da Esquadra de Piquete e da Esquadra de Palmarejo foram accionadas e deslocaram-se ao local da ocorrência tendo sido recebidos com arremesso de pedras. Um dos oficiais da PN que acompanhava os operacionais foi atingido por uma dessas pedra ficando ferido”, lê-se.

Conforme a mesma fonte, no momento em que a equipa da PN tentava proceder à detenção dos delinquentes, estes, acompanhados por familiares, ameaçaram os policiais com armas de fogo em punho e tentaram desarmar um dos elementos da PN pondo-se depois em fuga e barricando-se na residência de um dos suspeitos.

Chegando o reforço, os elementos da PN arrombaram a porta da residência onde os delinquentes se tinham refugiado, entraram para seu interior, detiveram sete suspeitos, todos adultos, sendo seis homens e uma mulher.

A PN informa que apreendeu uma arma de fogo de fabrico convencional e calibre 6,35 mm, uma arma de fogo de fabrico artesanal de cano cumprido e uma de cano curto; duas armas de fogo de fabrico artesanal de cano curto, em construção, bem como peças e ferramentas para construção de armas de fogo de fabrico artesanal, duas munições de calibre 12mm, sendo um deflagrado, quatro munições de calibre 6.35mm, um punhal e um par de luvas.

Dois dos detidos do sexo masculino foram conduzidos pelos elementos da PN ao Banco de Urgência do Hospital Universitário Agostinho Neto, sendo um de 57 e outro de 17 anos, feridos com disparos de arma de fogo na face e braço, respectivamente, durante os confrontos.

O oficial e os detidos foram conduzidos ao referido hospital, onde receberam assistência médica e alta hospitalar.

A Semana com Inforpress

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project