NOS KU NOS

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Praia acolhe marcha pela paz e não-violência contra mulheres e meninas 10 Dezembro 2019

A Associação Cabo-verdiana de Luta Contra a Violência Baseada no Género ( ACLCVBG) promove, esta terça-feira, 10, na Praia, uma marcha pela paz e contra a violência a mulheres e meninas. A iniciativa é promovida em parceria com a Rede Mulher Paz e Segurança das Mulheres no espaço da CEDEAO- Antena de Cabo Verde (REPSMECO-CV).

Praia acolhe marcha pela paz e não-violência contra mulheres e meninas

Conforme a organização, a marcha terá lugar na Avenida Amílcar Cabral até ao Plateau (Praça Alexandre Alburquerque). Está enquadrada nos 16 dias de ativismo juntos pelo fim da violência contra as mulheres e meninas - “Pinte o mundo de Laranja: Geração Igualdade contra a violação sexual”.

Esta iniciativa é promovida pela Associação Cabo-verdiana de Luta Contra a Violência Baseada no Género, em parceria com a Rede Mulher Paz e Segurança das Mulheres no espaço da CEDEAO- Antena de Cabo Verde (REPSMECO-CV). Esta foi criada e cuja direcção foi eleita a 5 de Maio de 2018, na presença da Madame Diago Ndaye, Presidente da Rede a Nível da CEDEAO.

« Um dos objetivos da REPSMECO-CV tem a ver com a Resolução 1325, que preconiza melhorar o conhecimento e facilitar a adoção de atitudes e comportamentos conducentes à promoção da paz, direitos humanos, igualdade de género e eliminação de todas as formas de violência contra as mulheres», diz a organização. Esta destaca que, dentro do Plano de Ação, tem ainda como foco o reforço de ações contra o abuso e a exploração sexual infantil através de campanhas nas Escolas de ensino Pré-escolar, Básico e Secundário, nas comunidades e ONG´s e sensibilização e formação aos encarregados de educação, professores e educadores de infância. Foto: Arquivo

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project