ECONOMIA

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Preços de água e electricidade sofrem subida expressiva em Cabo Verde 23 Mar�o 2019

Os preços de energia e água estão mais caros a partir deste sábado em Cabo Verde. A nível da Electra, registou-se um aumento médio na tarifa de 7,60% para eletricidade e 3,40% para água. Em relação à Águas e Energia da Boa Vista (AEB), o aumento verificado traduz numa variação expressiva na tarifa com uma média de 8,68% para eletricidade e 2,68% para água. A determinação é da Agência Reguladora Multissetorial da Economia (ARME), que fixa assim as novas tarifas de água e eletividade para o país.

Preços de água e electricidade sofrem subida expressiva em Cabo Verde

A subida dos dois bens essenciais foi mais expressiva nas ilhas de S.Vicente e Sal, cujo impacto não vai ser nada positivo para a economia dessas ilhas orientais, que apostam sobretudo na indústria, no turismo e na cultura.

Segundo a nova tabela de preços em vigor, para a Electra, as tarifas de electricidade sofrem um aumento em todos os escalões, de 1,92 ECV/kWh e as tarifas de água nas ilhas do Sal e São Vicente, sofrem um aumento de 11,95 ECV/m3, representando um aumento na tarifa média de 7,60% para electricidade e 3,40%, para água.

«Já em relação à Águas e Energia da Boa Vista (AEB), a situação é diferente, na medida em que as tarifas de eletricidade sofrem um aumento de 2,37 ECV/kWh, em todos escalões, e as tarifas de água, um amento de 12,21 ECV/m3, o que representa uma variação na tarifa, média, de 8,68% para eletricidade e 2,68% para água», lê-se na nota da ARME remetida ao Asemanaonline.

A mesma entidade faz questão de realçar que, além da evolução de preços dos combustíveis que ocorreram entre os meses de Abril de 2018 e Março de 2019 e considerando, ainda, que a última atualização das tarifas aconteceu em Março de 2018, esta atualização leva também em consideração, entre outros fatores, os parâmetros relativos às perdas, ao mix de combustíveis utilizados na produção de eletricidade e à participação das renováveis.

Conforme precisa a Agência Reguladora Multissetorial da Economia, este novo tarifário entrou em vigor desde o dia 20 de março e vai até 19 de Setembro de 2019. .

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau

blogs

publicidade

Newsletter

Abonnement

Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project