ECONOMIA

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Preços do petróleo caem por ação da China que liberta reservas 01 Novembro 2021

Esta segunda-feira, 1, a notícia de que a China libertou as reservas de petróleo teve repercussão imediata sobre os preços do petróleo. "As palavras no mercado petrolífero têm mais peso que as ações", lê-se no site da SIA Energy, a agência de consultadoria que é referência sobre o mercado energético da China, em referência a esta súbita baixa no preço do combustível fóssil que tinha chegado aos $86 USD .

Preços do petróleo caem  por ação da China que  liberta reservas

A China, o maior consumidor de energia do mundo, esteve a acumular reservas de petróleo desde meados de 2020, a agarrar a oportunidade que foi a queda nos preços do crude devido ao surto do novo coronavírus, que paralisou países inteiros.

É dessas reservas de petróleo acumuladas que o governo de Xi decidiu libertar 7,4 milhões de barris de crude, para fazer face ao aumento dos preços. Uma notícia inédita, é a primeira vez que as autoridades chinesas fazem tal publicidade.

Mas antes mesmo de o fazer foi o anúncio desta próxima ação que teve efeito imediato no mercado global, segundo analistas do mercado petrolífero.

"A gasolina e o diesel/gasóleo das reservas vão ser usados para aumentar os recursos no mercado e diminuir os problemas de queda de fornecimento. O objetivo é estabilizar o mercado", referiu a administração chinesa dos recursos estratégicos citada pela Reuters.
....
Fontes: SIA.energy/Bloomberg/Reuters. Relacionado: Eletricidade escasseia na China: fábricas ao ralenti, ruas sem luz, semáforos apagados — Vem aí impacto no comércio global, 30.set.021. Foto (Reuters) Torres petrolíferas.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project