ECONOMIA

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Preços dos produtos importados em Cabo Verde aumentaram 1,8%, em Março de 2021 21 Abril 2021

Conforme os dados do Índice de Preços do Comércio Externo (IPCE), divulgados esta quarta-feira, 21, pelo Instituto Nacional de Estatísticas de Cabo Verde (INECV), os preços dos produtos importados aumentaram 1,8%, em Março de 2021, valor superior em 1,7 pontos percentuais (p.p.) face ao registado no mês anterior. Enquanto que neste mesmo período, a taxa de variação mensal dos preços dos produtos exportados fixou-se em -0,8%, valor inferior em 0,4 p.p. face ao registado no mês anterior. Já a taxa de variação mensal registada pelo Índice de Termos de Troca foi de -2,6%, uma cifra inferior em 2,1 pontos percentuais (p.p.), face ao registado no mês anterior.

Preços dos produtos importados em Cabo Verde aumentaram 1,8%, em Março de 2021

Índices de Preços da Importação

De acordo com o Relatório do INECV, Cabo Verde registou em Março de 2021 um Índice de Preços da Importação (IPI) de 92,2 com um acréscimo de 1,8% relativamente ao mês anterior. Os dados apontam que os índices subjacente e volátil na importação cresceram 1,9% e 1,7% respetivamente, face ao mês anterior.

Os aumentos dos preços ocorreram nas categorias de grupo: “Bens de Consumo” (3,1%), que se justifica pela subida de preços de “Produtos alimentares primários” (4,0%); “Bens Intermédios” (2,8%), que se explica, essencialmente, com a subida dos preços de “Produtos transformados para a indústrias várias” (13,8%) e “Combustíveis” (1,5%), que se justifica com a subida da única subcategoria denominada “Combustíveis” (1,5%), segundo a fonte.

Já as diminuições dos preços ocorreram nas categorias de “Bens de capital” (-3,9), que se justifica pela descida de preços de “máquinas” (-4,5%). “Em Termos homólogos, o índice de preço da importação diminuiu 12,5%, relativamente ao mês de março de 2020. Comparativamente ao mês de Março 2020, os índices subjacente e volátil na importação, registaram decréscimos de 12,0% e 13,8%, respetivamente”, indica o estudo.

Índices de Preços da Exportação

Nesse mesmo período em análise (Março de 2021), o País registou um Índice de Preços nas Exportações (IPE), que se situou em 97,7 correspondendo a um decréscimo de 0,8% face ao mês anterior e os índices subjacente e volátil na exportação registaram decréscimos de 0,2% e 2,5% respetivamente, face ao mês anterior.

“Em Termos homólogos, em Março de 2021, a taxa de variação homóloga do Índice de Preços das Exportações situou-se em -5,0%”. Comparativamente ao mês de Março de 2020, os índices subjacente e volátil na exportação registaram decréscimos de 2,5% e 11,7% respetivamente”, aponta.

Índices de Termos de Troca

Ainda de acordo com o INECV, no mês de Março de 2021, o Índice de Termos de Troca (ITT) situou-se em 105,9 registando-se uma diminuição de 2,6%, comparativamente ao mês anterior. “Em termos homólogos, o Índice de Termos de Troca (ITT) fixou-se em 8,5%”, conclui o estudo.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project