ECONOMIA

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Preços mundiais de ceriais: Trigo em alta e açúcar com tendência de baixa 07 Setembro 2020

Os preços mundiais de exportação do trigo estão em alta, enquanto que os de açúcar mantiveram a tendência de baixa da semana anterior. Espera-se que as fábricas aumentem a produção destes dois produtos nesta temporada, contribuindo para expandir a sua oferta global.

Preços mundiais de ceriais:  Trigo em alta  e açúcar com tendência de baixa

Milho em alta

De acordo com o ultimo Relatório divulgado pelo Secretariado Nacional para a Segurança Alimentar e Nutricional (SNSAN), os preços mundiais de exportação de milho mantiveram a tendência de alta da semana passada. Nos Estados Unidos, a sustentação dos preços resultou de preocupações persistentes concernentes ao agravamento das perspetivas de rendimento, bem como do bom ritmo de exportação, notadamente para a China. Na Argentina, foi relatado que o plantio da safra de 2020/21 ainda não tinha começado, uma vez que a maioria das áreas permaneceu muito seca. Os preços de exportação continuaram a subir com registos de fortes despachos. No Brasil, as condições de chuva no estado de Paraná continuaram a impedir a colheita da safrinha 2019/20 (segunda safra), que avançou ligeiramente e se encontrava 88% concluída.

A mesma fonte indica que o cultivo antecipado da primeira safra 2020/21 (safra completa) nos estados do Sul foi prejudicado pelas geadas. Foi reportado que as exportações atingiram cerca de 6,5MT (Milhões de Toneladas).

Transporte em baixa

As taxas de frete para o transporte de graneis sólidos mantiveram a tendência de baixa da semana passada. Os ganhos para os navios Handysize foram justificados pela procura registada na maioria das áreas, incluindo Europa e Mar Negro. As taxas de frete para os navios Supramax, reagiram inicialmente a um mercado mais fraco do Atlântico Norte, mas foram compensadas pelos fortes negócios na América do Sul. Para o carregamento nos navios Capesize, o sentimento fraco no norte do Atlântico e na Bacia do Pacífico pressionou os ganhos. Os valores para o setor dos navios Panamax foram sustentados pela recuperação das atividades fora da América do Sul e do Golfo dos Estados Unidos.

Trigo em alta

Os preços mundiais de exportação de trigo mantiveram a tendência de alta da semana anterior, sustentada pelos sinais de uma recuperação na procura de exportação e preços mais firmes na região do Mar Negro, assim como pelas condições climáticas desfavoráveis na Argentina. Nos Estados Unidos, o forte ritmo das exportações ditou- a subida dos preços de exportação do trigo. As vendas semanais de exportação atingiram cerca de 764.100 toneladas, assumindo um total acumulado de 11,9MT, cerca de 7% superior face à safra anterior.

Sabe-se que na União Europeia, num quadro de ofertas relativamente apertadas e preços não competitivos, as exportações permaneceram fracas, em 2,6MT para o total acumulado, uma queda de 47% ao ano. Na Argentina, a Buenos Aires Grain Exchange indicou que o clima adverso afetou mais de um quarto da área nacional, com perdas de rendimento de 20% a 50% esperadas em alguns lugares.

Arroz com tendência mista

Os preços mundiais de exportação de arroz mantiveram a tendência mista da semana passada. Na Tailândia, as ofertas reduzidas e os movimentos cambiais ditaram o comportamento dos preços de exportação do arroz. No Vietname, os preços do arroz caíram, uma vez que o registo de uma procura moderada foi apenas ligeiramente compensado por disponibilidades apertadas. Nos Estados Unidos, as cotações de exportação do Arroz Americano 2,4% apresentaram a mesma cotação da semana anterior, cerca de 602 FOB/TON.

Açúcar em baixa

Os preços mundiais de exportação do açúcar mantiveram a tendência de baixa da semana anterior. No Brasil, a Cogo estimou um excedente global de açúcar de 10,2MT na temporada 2020/21. Espera que as fábricas aumentem a produção de açúcar nesta temporada, contribuindo para expandir a oferta global de açúcar, enquanto que a pandemia continuará a afetar o consumo global de açúcar. No Índia, as expetativas acerca da cota de venda para setembro a ser fixada pelo governo influenciaram as cotações de exportação do açúcar.

Frete marítimo em baixa

Segundo o SNSAN, as taxas de frete para o transporte de graneis sólidos mantiveram a tendência de baixa da semana passada. Os ganhos para os navios Handysize foram justificados pela procura registada na maioria das áreas, incluindo Europa e Mar Negro. As taxas de frete para os navios Supramax, reagiram inicialmente a um mercado mais fraco do Atlântico Norte, mas foram compensadas pelos fortes negócios na América do Sul. Para o carregamento nos navios Capesize, o sentimento fraco no norte do Atlântico e na Bacia do Pacífico pressionou os ganhos. Os valores para o setor dos navios Panamax foram sustentados pela recuperação das atividades fora da América do Sul e do Golfo dos Estados Unidos.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project