ACTUALIDADE

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Presidenciais: Hélio Sanches diz que é preciso “muito trabalho e esforço” para que a sua candidatura às presidenciais seja vencedora 03 Dezembro 2020

Hélio Sanches disse hoje que é preciso “muito trabalho, esforço e sacrifício” para que a sua candidatura às presidenciais de 2021 seja vencedora, rumo a um Cabo Verde “mais democrático e mais desenvolvido”.

Presidenciais: Hélio Sanches diz que é preciso “muito trabalho e esforço” para que a sua candidatura às presidenciais seja vencedora

“Estou aqui para dizer ao MACHS [Movimento de Apoio à Candidatura de Hélio Sanches a Presidente da República] e extensivamente às cabo-verdianas e cabo-verdianos, no País e na diáspora, que estou disponível para encarar este desafio”, afirmou Hélio Sanches citado pela Inforpress.

Reconheceu, porém, que algumas condições terão de ser reunidas para que essa disponibilidade se transforme numa candidatura “pujante e vencedora”.

“Tenho a plena consciência dos desafios deste novo tempo e dos que uma candidatura presidencial acarreta, das minhas responsabilidades políticas, como servidor público e do meu dever cívico, como cidadão deste País”, afirmou Hélio Sanches.

O primeiro a anunciar a sua candidatura às eleições presidenciais de 2021 fez essas declarações em conferência de imprensa, na Cidade da Praia, convocada para o efeito.

Sanches admite que uma candidatura presidencial exige “muito esforço e sacrifícios”, mas está convencido que é desejo de muitos cabo-verdianos que a sua pretensão ao cadeirão do Palácio do Platô seja uma “bússola norteadora”, rumo a um Cabo Verde “mais democrático e mais desenvolvido”.

Segundo ainda a Inforpress, pediu ao movimento que o apoia “dedicação e empenho” no desenvolvimento de acções com vista a criar “condições necessárias e suficientes” para prosseguir, conforme ele, com este “aliciante e desafiante projecto”.

Deixou transparecer, por outro lado, que a sua decisão resultou de auscultação dos familiares e amigos próximos, porque, sublinhou, entende que é um dever cívico de qualquer cidadão cabo-verdiano disponibilizar-se para servir o seu País e trabalhar para o “bem comum e a felicidade” do seu povo.

Instado se a sua candidatura não baralhará as contas do Movimento para a Democracia (MpD-poder), se este decidir apoiar um outro candidato, Hélio Sanches admitiu que em política “não se pode falar de ‘ses’”.

“Ainda nenhum candidato ou potencial candidato se manifestou. Não podemos falar de hipóteses”, declarou, acrescentando que, neste momento, a sua preocupação é “mobilizar as forças vivas das Nação e os cidadãos” para que a sua candidatura venha a ter o apoio da maioria dos cabo-verdianos.

Revelou, ainda, à imprensa que antes de tomar a decisão de se disponibilizar para se candidatar informou o líder do partido, Ulisses Correia e Silva.

Para os promotores da referida candidatura, é preciso ter na Presidência alguém que se preocupe com os “valores humanísticos” e lute para que estes sejam como “essenciais para a coesão e justiça social”.

Segundo o porta-voz, Edson Ribeiro, o grupo pretende que a Presidência da República seja presidida por uma pessoa, cujo carácter é “inatacável”.

Entretanto, o ex-primeiro-ministro e antigo presidente do PAICV José Maria Neves é, também, um dos prováveis candidatos às presidenciais de 2021.

Por sua vez, Carlos Veiga, um outro antigo chefe do Governo e, também, ex-presidente do MpD, é apontado como potencial candidato às eleições presidenciais do próximo ano.

Hélio Sanches é, actualmente, deputado nacional eleito nas listas do Movimento para a Democracia (MpD-poder) pelo círculo eleitoral de Santiago Norte e também líder do grupo parlamentar da África Ocidental no Parlamento Pan Africano.

Advogado e consultor jurídico de profissão, já foi director-geral do Património do Estado, secretário-geral do Governo de Cabo Verde e membro da Comissão Nacional de Eleições de Cabo Verde, entre outras funções desempenhadas ao longo dos anos, conclui a Inforpress.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project