LUSOFONIA

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Presidente brasileiro e filhos lideram ranking RSF — 580 vezes Bolsonaros atacaram a liberdade de imprensa em 2020 28 Janeiro 2021

O Palácio da Alvorada tornou-se o "palco de humilhações públicas de jornalistas", segundo a RSF-Repórteres sem Fronteiras ao apresentar a classificação de 2020 em que o presidente Jair Bolsonaro e os filhos lideram o ranking mundial de atos hostis contra jornalistas. Os ataques foram promovidos mais através das redes sociais.

Presidente brasileiro e filhos lideram ranking RSF — 580 vezes Bolsonaros atacaram a liberdade de imprensa em 2020

O primeiro da lista, dos que em 2020 mais atacaram e ofenderam jornalistas e empresas de comunicação, é o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), com 208 ataques a jornalistas. ´Seguem-se o presidente da República, com 103 ataques, o vereador carioca Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ), com 89, e o senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ), com 69.

A seguir aparecem outras pessoas próximas do presidente, como os ministros Damares Alves (Mulher, Família e Direitos Humanos), Ricardo Salles (Meio Ambiente) e Onyx Lorenzoni (Cidadania) e o vice-presidente Hamilton Mourão.

O principal meio para a difusão dos ataques são as redes sociais. Pelo Twitter foram 409 ataques à imprensa, outros dez pelo Facebook e 17 durante transmissões ao vivo (lives).

Mas também aparições públicas ou entrevistas foram usadas para desferir ataques a jornalistas ou empresas. A RSF dá como exemplo as entrevistas coletivas informais do presidente em frente ao Palácio da Alvorada, em Brasília, que fizeram da residência oficial um "palco de humilhações públicas de jornalistas".

"Foi lá que, no dia 3 de março, Jair Bolsonaro saiu do seu veículo oficial acompanhado por um humorista disfarçado de presidente, a quem pediu para distribuir bananas aos jornalistas presentes. Essa cena surreal foi transmitida ao vivo nas redes sociais da Presidência", recorda o relatório.

Fontes: DW/. Relacionado: Jair Bolsonaro ofende jornalista Patrícia com termos soezes -"Ele precisa de tratamento mental", 24-fev-2020. Foto (Getty): Interpelado em 23 de agosto sobre depósitos que teriam sido feitos na conta da primeira-dama, Bolsonaro ameaçou o repórter: "Vontade de encher tua boca com porrada, tá? Seu safado!".

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project