POLÍTICA

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Presidente da JPAI pede intervenção do Governo perante o difícil quadro clínico de um estudante caboverdiano no Senegal 07 Setembro 2021

Após a reunião com a direção da Associação de Estudantes Cabo-verdianos no Senegal e visita a Odair Silva, que se encontra com "graves problemas de saúde", o Presidente da Juventude do Partido Africano da Independência de Cabo Verde (JPAI), Fidel Cardoso De Pina, pede ao Governo de Cabo Verde, na pessoa do Primeiro ministro e do Ministro da Saúde, para intervirem, por forma a resolver a "dramática" situação que esse jovem estudante enfrenta naquele país africano.

Presidente da JPAI pede intervenção do Governo perante o difícil quadro clínico de um estudante caboverdiano no Senegal

Segundo uma nota remetida ao Asemanaonline, o jovem estudante caboverdiano, Odair Silva, encontra-se acamado devido a um complexo problema de saúde, que se traduz na obstrução de uma válvula do coração, o que é motivo de muita preocupação por parte de todos. A intervenção cirúrgica, conforme Fidel Cardoso De Pina, neste caso, é de vital importância, já que só esta poderá restaurar a saúde e a normalidade da sua vida.

Em conversa com o Presidente da JPAI, a mãe que se encontra no Senegal a acompanhar o filho, garantiu que infelizmente, por não ter condições encontra-se à "mercê" de ajuda de amigos, familiares e pessoas solidárias que se têm prontificado a salvaguardar a vida do jovem que corre sérios riscos.

Por outro lado, foi com grande inquietação que, o Líder da Juventude do PAICV, saiu do encontro que teve com a Associação de Estudantes Cabo-verdianos no Senegal, ao ser confrontado com a realidade que estes têm vivenciado. Durante a visita o Presidente da JPAI diz ter constatado que muitos dos jovens estudantes caboverdianos que residem naquele país africano vivem uma "difícil" situação financeira e com muitos a enfrentar um forte desamparo, tendo esta complexificado com o impacto da pandemia Covid-19.

"É que os efeitos da pandemia se têm feito sentir severamente no quadro financeiro levando à redução drástica do rendimento gerado pelos pais e encarregados de educação que outrora reforçavam o valor mensal disponibilizado aos jovens em questão", argumenta Cardoso.

Para este jovem político, o aumento do número de bolsas de estudo e o valor atribuído a cada uma destas por parte do Senegal, assim como o incremento monetário do subsídio de estudantes cedido pela FICASE a uma parcela destes jovens, que contam atualmente, com 150 Euros disponibilizadas a cada três meses para "suprirem" as suas necessidades e pagarem as contas mensais, e ainda uma outra franja constituída por cerca de 33 estudantes caboverdianos no Senegal, que não contam com apoio algum, nem do Governo caboverdiano nem do senegalês, seriam medidas "verdadeiramente importantes" e que muito solucionaria a complexa situação da qual, estes "resilientes jovens, têm sobrevivido".

A JPAI admite que é "fundamental" continuar a trabalhar no sentido de se reforçar as condições do acordo bilateral existente entre Cabo Verde e Senegal no campo da educação, de modo a aumentar o número de bolsas de estudos para este país, nomeadamente em áreas como a medicina.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project