ACTUALIDADE

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Presidente da República destaca resiliência e pede mais oportunidades para as mulheres rurais 15 Outubro 2022

O Presidente da República destacou hoje a resiliência das mulheres rurais, que se dedicam, maioritariamente, à agricultura e pediu mais água e mais oportunidades para que estas possam ter mais rendimento e mais qualidade de vida.

Presidente da República destaca resiliência e pede mais oportunidades para as mulheres rurais

As nossas mulheres do campo são extremamente resilientes, têm um nível de combatividade extremamente grande, têm muita energia e têm muita capacidade de trabalho”, recordou José Maria Neves, em mensagem dirigida às mulheres rurais, por ocasião do Dia Internacional da Mulher Rural, assinalado hoje, sob lema “Mulheres rurais enfrentam a crise global do custo de vida”.

No entender do chefe de Estado, a melhor maneira de apoiar as mulheres, neste particular as rurais e a igualdade de género no mundo rural, é desenvolver de forma integrado as bacias hidrográficas, como na Ribeira do Principal e Ribeireta, em São Miguel, Ribeira dos Engenhos, Santa Catarina, e Alto Mira e Ribeira da Torre, em Santo Antão.

Ou seja, defendeu que é preciso mobilizar mais água e criar mais oportunidades para as mulheres rurais para que possam ter mais acesso ao rendimento e para que possam ter mais qualidade de vida no País.

Com a instituição deste dia, a 15 de Outubro de 1995, a Organização das Nações Unidas (ONU) pretende elevar a consciência mundial sobre o papel da mulher rural.
As mulheres rurais são agricultoras, camponesas, peixeiras, criadoras de gado e empresárias.

Elas desempenham um “papel essencial” no desenvolvimento agrícola, na segurança alimentar e nutricional e na gestão dos recursos naturais.

E, ainda, prestam cuidados, criam os filhos e participam das actividades comunitárias.
Apesar de um conjunto de actividades que as mulheres rurais realizam, que contribui para a economia do país, elas continuam sendo as mais pobres.

A população rural em Cabo Verde, e particularmente as mulheres em Santiago Norte, segundo os dados do último Recenseamento Geral da Agricultura, dedicam-se, maioritariamente, à agricultura de sequeiro. A Semana com Lusa

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project