SOCIAL

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Presidente da República enaltece “papel extraordinário” da Escola Salesiana na construção de Cabo Verde 09 Dezembro 2022

O Presidente da República classificou hoje a Escola Salesiana de Artes e Ofícios de “luz poderosa” que tem “iluminado os caminhos” do desenvolvimento de Cabo Verde, daí destacar o seu “papel extraordinário” na construção do País.

Presidente da República enaltece “papel extraordinário” da Escola Salesiana na construção de Cabo Verde

José Maria Neves visitou durante o período da manhã de hoje a escola, sediada em São Vicente, e desde que pisou o tapete vermelho estendido em sua honra até à despedida foi sempre “engolido” pelas crianças, que o abraçaram, colocaram toda a sorte de questões, pousaram para ‘selfies’ e receberam sempre palavras de carinho do Chefe de Estado.

“As crianças são autênticas e transmitem-nos essa integridade e autenticidade, o que é extremamente importante, pois, a ingenuidade das crianças pode ser um caminho importante para a descoberta da verdade e de formas mais autênticas de viver”, declarava, minutos depois, aos jornalistas, sobre a recepção.

Referindo-se ao papel da Escola Salesiana, o Presidente da República lembrou que para um país crescer, se afirmar na arena internacional e ser desenvolvido é preciso ter pessoas com educação, valores e integralmente “bem formadas”.

“E desde há dezenas de anos a Escola Salesiana tem sido essa fonte de educação, de transmissão de valores, em resumo, esta luz que tem iluminado Cabo Verde rumo ao seu futuro”, declarou.

Daí, como revelou, gratidão para dizer “muito obrigado aos Salesianos” por tudo o que têm feito pelas crianças, adolescentes e jovens de Cabo Verde, pelo que o País “continua a contar com as vossas luzes para continuar o caminho do futuro”.

Num outro momento, após visitar a escola, este reservado a um diálogo sobre Cabo Verde com alunos do 12º. ano, José Maria Neves lembrou o quanto é bom estar na escola, porque, explicou, a vida é uma aprendizagem e há que aprender todos os dias.

“É preciso uma reflexão porque estamos num momento a nível do País de transição, com muitas dificuldades, há espaços onde há muita tensão, muita violência, então o melhor espaço onde temos que aprender a conviver, a abraçar os amigos, desenvolver o espírito de irmandade a ter liberdade de espírito é a escola”, lembrou o Presidente da República.

José Maria Neves pôs ainda tónica na importância da formação integral do homem cabo-verdiano, insistindo, por um lado, que há que aprender as línguas, as matemáticas e as ciências, mas, por outro, apelar aos valores, “hoje mais do que nunca”, porque muito do que acontece no mundo e em Cabo Verde depende da atitude, do comportamento e da ética e da integridade das pessoas.

“E escolas como a Salesiana acabam por dar esta dimensão mais ampla, ensina-nos a viver de forma diferente, a reduzir a tensão, os conflitos e a violência e a ter um outro espírito”, concretizou o Chefe de Estado, num momento, continuou, em que “há em Cabo Verde muita violência e desavenças”, entre vizinhos, amigos e companheiros em várias experiências da vida, daí a importância de se resgatar esses valores.

“Este ambiente nesta escola é alegre, contagiante e nos inspira, e é isso que temos de continuar a fazer com as crianças, os adolescentes e os jovens, e esta escola é um bom exemplo disso”, finalizou.

Do programa de visita do Presidente da República à ilha de São Vicente, no sábado, 10, preside à cerimónia de atribuição do título de Doutor Honoris Causa a Amílcar Cabral, a título póstumo, iniciativa da Universidade do Mindelo (Uni-Mindelo), que está a celebrar os 20 anos de existência, e recebe na ilha o seu homólogo português, Marcelo Rebelo de Sousa.

A Semana com Inforpress

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project