ACTUALIDADE

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Presidente da República pede mais investimento na valorização dos docentes 23 Abril 2022

O Presidente da República defendeu hoje que se deve “investir mais na valorização dos docentes e atender às suas demandas, na medida do possível, pois ainda “lidam com vários desafios e constrangimentos” que afectam “o seu bom desempenho”.

Presidente da República pede mais investimento na valorização dos docentes

Através de uma mensagem publicada na página da Presidência da República no Facebook, José Maria Neves felicitou a todos os professores cabo-verdianos, pelo seu “abnegado e meritório trabalho de formar várias gerações de cabo-verdianos”.

Segundo o Presidente da República, em Cabo Verde, a educação sempre foi um “trampolim para a ascensão social, para vencer a pobreza, escapar da marginalização social e da dependência económica e assim deverá continuar no futuro”.

Pelo que defendeu, também, que é preciso resgatar o prestígio do professor, como já foi no passado, em que a profissão era sinónimo de autoridade moral e ética, e exercida como missão e vocação, não sendo encarada como um emprego”.

O chefe de Estado lembrou que a pandemia da covid-19 mudou o mundo e que poucas profissões sofreram tanto impacto como a de professor, com as aulas suspensas, os recreios das escolas vazios e a socialização interrompida.

“Os professores tiveram que se reinventar e se superar para enfrentar uma realidade completamente nova, tendo, por exemplo, de ministrar aulas à distância, enfrentando diversas dificuldades. Felizmente a normalidade tem regressado, paulatinamente, com a redução dos casos da covid-19, ficando muitas lições dessa experiência que deverão servir de guia para decisões futuras”, enalteceu.

No entanto acrescentou, os professores actuais, e à semelhança de outras profissões, terão necessidade de uma actualização constante, de continuar a aprender, com espírito aberto para novos métodos e inovações. Isto porque, explicou, o aluno de hoje tem acesso a uma enorme quantidade de informação e precisa de ser melhor orientado.

José Maria Neves defendeu ainda que estes devem “despertar e manter nos estudantes a magia inerente à aprendizagem e ter sempre presente a máxima de Nelson Mandela de que “a educação é a arma mais poderosa para mudar o mundo”.

O dia do professor foi instituído pelo decreto número 25 de 21 de Abril de 1990, em memória de Baltazar Lopes da Silva, escritor, poeta, linguista, advogado, professor de várias gerações.

Baltazar nasceu em Caleijão, São Nicolau, a 23 de Abril de 1907, dia em que se comemora o Dia Mundial do Livro. A Semana com Infororpess

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project