ACTUALIDADE

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Presidente diz que Cabo Verde precisa "acelerar o passo" na vacinação covid 11 Novembro 2021

O novo Presidente cabo-verdiano, José Maria Neves, disse hoje que o país precisa "acelerar o passo" na vacinação contra a covid-19, sobretudo em alguns municípios da ilha de Santiago, onde a taxa é ligeiramente inferior à média nacional.

Presidente diz que Cabo Verde precisa

"Precisamos acelerar o passo de vacinação. A vacinação é fundamental para a retoma do crescimento económico, para garantir a retoma da economia e temos de fazer um esforço para que Santa Catarina e Santiago Norte, onde as taxas são mais baixas, possam atingir níveis mais elevados de vacinação", disse José Maria Neves.

O chefe de Estado cabo-verdiano falava durante um encontro com a presidente da Câmara Municipal de Santa Catarina de Santiago, Jassira Monteiro, naquele que foi o seu primeiro ato oficial, realizado dois dias após tomar posse como o quinto Presidente da República de Cabo Verde.

José Maria Neves foi ao interior de Santiago inteirar-se do processo de vacinação contra a covid-19 em Santiago Norte, mais concretamente nos municípios de Santa Catarina e Tarrafal.

Ainda em Santa Catarina, o Presidente visitou o centro de saúde e o hospital regional e durante a tarde vai estar em Tarrafal, onde vai ser recebido pelo autarca local, José dos Reis, e visitar estruturas de saúde deste concelho.

José Maria Neves foi empossado na terça-feira, 9 de novembro, como quinto Presidente da República de Cabo Verde, substituindo Jorge Carlos Fonseca.

Cabo Vede já atingiu 81,5% de taxa de vacinação com a primeira dose e 61% da população adulta já se encontra completamente vacinada contra a covid-19, segundo dados oficiais.

Segundo os números oficiais, Santa Catarina de Santiago tem cerca de 60% de adultos com pelo menos uma dose de vacinas e cerca de 30% já completamente vacinados, enquanto que em Tarrafal cerca de 56% já receberam uma dose e 30% as duas doses de vacinas contra a covid-19.

"Temos concelhos, nomeadamente Tarrafal, Santa Catarina e São Salvador do Mundo onde podemos acelerar por forma a aumentar a taxa de cobertura vacinal", disse na quarta-feira no parlamento o ministro da Saúde, Arlindo do Rosário, durante um debate sobre o setor da Saúde.

Segundo o ministro, o Governo está a adotar "estratégias integradas e articuladas" para envolver no processo a sociedade civil, câmaras municipais, partidos políticos, confissões religiosas, artistas e deputados.

"Numa ampla coalizão de esforços por forma a atingir o objetivo primordial: salvar vidas, ganhar em segurança sanitária, libertar o país para a retoma económica", reforçou, lembrando que Cabo Verde tinha como meta vacinar 70% da população adulta até ao final do ano, mas foi alcançado ainda no mês de agosto".

Neste momento, Cabo Verde conta com um total de 38.279 casos positivos acumulados, dos quais 349 resultaram em óbito, 37.838 foram dados como recuperados e há 67 casos ativos. A Semana com Lusa

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project