POLÍTICA

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Primeiro-Ministro: Dados sobre o desemprego espelham a dinâmica das políticas e reformas que o governo está a desenvolver 05 Abril 2018

“Os resultados sobre o desemprego divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE) acabam por articular várias coisas: Cabo Verde a crescer economicamente, o emprego a aumentar, redução da taxa de desemprego, mormente nos jovens, redução da taxa do subemprego, o que espelha toda a dinâmica de políticas e reformas que o governo tem estado a desenvolver e com uma tendência positiva”, considerou o Primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva, reagindo à divulgação das Contas Nacionais trimestrais e Estatísticas do mercado de trabalho 2017, pelo Instituto Nacional de Estatística (INE).

Primeiro-Ministro: Dados sobre o desemprego espelham a dinâmica das políticas e reformas que o governo está a desenvolver

Os últimos dados do INE relativamente à dinâmica do emprego demonstram ainda que os números dos segurados e dos contribuintes do INPS têm aumentado, conforme o Chefe do Governo, sublinhando que esse aumento do número de empregados com Segurança Social expressa “a dinâmica de empregos e o tipo de empregos que o Governo quer desenvolver em Cabo Verde”.

“Trabalho decente com segurança social”, destacou.

Segundo acrescentou o Primeiro-ministro, em dois anos de mandato, o Governo conseguiu sair de uma estagnação económica (2009 a 2015) em que Cabo Verde crescia a uma taxa de 1% para taxas próximas de 4% no final de 2017, apontando para a meta que se estabeleceu para o final da Legislatura.

“Seguramente chegaremos aos 7%”, perspetivou Correia e Silva, para quem é importante destacar que se reduziu de uma forma efetiva a taxa de desemprego num contexto de mau ano agrícola, quando a produção agrícola teve uma quebra de cerca de 22%. Ou seja, mesmo em condições difíceis, prosseguiu o primeiro-ministro, alcançou-se dinâmicas suficientes de investimentos e de criação de postos de trabalho.

Entretanto, o chefe do governo fez saber que almeja muito mais, por forma a reduzir as novas taxas de desemprego para níveis muito mais baixos permitindo que cada uma das ilhas possa crescer o suficiente para que todas as famílias cabo-verdianas tenham rendimento.

O primeiro-ministro falava no âmbito de uma visita que realizou esta manhã, 04, ao Instituto Nacional de Previdência Social (INPS), para se inteirar do funcionamento e evolução da cobertura de Segurança Social da população cabo-verdiana ativa.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade



Mediateca
Cap-vert

blogs

Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project