BREVES NOTÍCIAS

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Primeiro farol de Cabo Verde volta a receber visitantes até Maio 27 Fevereiro 2019

O farol Dona Maria Pia, o primeiro de Cabo Verde e ex-líbris da Praia, está de cara lavada e com novidades para os visitantes, continuando a orientar os barcos com a sua luz, a 25 metros de altura.

Primeiro farol de Cabo Verde volta a receber visitantes até Maio

Apelidado pelos habitantes da capital cabo-verdiana, de "senhor farol", há muito que precisava de uma intervenção de fundo e, por isso, são muitos os curiosos que, alertados pelo branco imaculado das suas paredes se aproximam da construção, na Ponta Temerosa.

A remodelação deste farol com estrutura museológica, que agora está na reta final, estará de portas abertas a todos os que queiram visitá-lo até Maio próximo, segundo informações fornecidas pelas autoridades marítimas.

De acordo com informações avançadas pela capitania dos portos de Sotavento à Agência Lusa, a sua torre e cúpula são visíveis de toda a costa da Praia, com uma luz, visível a 15 milhas no mar durante a noite (27,790 quilómetros). "Os perigos para os navios que andam no mar é quando se aproximam das costas, da entrada dos portos, onde o tráfego é maior, existem baixios e rochas. Aliás, os faróis existem para dar essa sinalização aos navegantes, para terem linhas de posição mais corretas e seguras, facilitando assim, a sua entrada e saída do Porto”, acrescenta nossa fonte.

Recorde-se, que o farol Dona Maria Pia foi construído em finais de 1880 e inaugurado um ano depois, altura em que foi erguido sobre uma fortificação militar, da qual ainda são visíveis dois canhões. “A luz que emite já foi alimentada a petróleo, depois a gás acetileno, que vinha de Portugal, e agora funciona com energia elétrica, apoiado em baterias”.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau

blogs

publicidade

Newsletter

Abonnement

Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project