ACTUALIDADE

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Primeiro-ministro de Cabo Verde destaca “boa dinâmica” da ilha de São Vicente 16 Novembro 2022

O primeiro-ministro cabo-verdiano, Ulisses Correia e Silva, destacou hoje a “boa dinâmica” da ilha de São Vicente, apontando vários investimentos públicos e privados em curso que vão melhorar a oferta turística.

Primeiro-ministro de Cabo Verde destaca “boa dinâmica” da ilha de São Vicente

“Há vários investimentos privados, na construção de hotéis, em curso, que vão aumentar a capacidade de oferta de quartos, não só em quantidade, mas em qualidade”, afirmou o chefe do Governo, ao intervir na abertura da 25.ª edição da Feira Internacional de Cabo Verde (FIC), que decorre até domingo, na ilha de São Vicente.

Correia e Silva disse ainda que há investimentos públicos e privados na Saúde que reforçam o posicionamento da ilha como um setor importante para todos os outros setores de atividade.

Fazer turismo exige estar num espaço com segurança, nomeadamente segurança sanitária e segurança a nível de prestação de serviços médicos e hospitalares. E São Vicente está com uma boa dinâmica”, constatou o primeiro-ministro, que na quinta-feira vai inaugurar o primeiro hospital privado do país, `Urgimed Health & Hospitality´, com sede no Mindelo.

Além disso, enumerou eventos internacionais que vão acontecer na cidade do Mindelo nos próximos tempos, como a passagem em janeiro da Ocean Race, a maior regata à vela do mundo, e a realização do Ocean Summit.

Vão posicionar a ilha como uma ilha atrativa para os desportos náuticos”, perspetivou o chefe do Governo, indicando igualmente o Terminal Cruzeiros, em construção, que quando concluído vai permitir aumentar o número de turistas neste segmento.

A FIC decorre nos pavilhões da Enapor, no Porto Grande do Mindelo, após as antigas instalações, nas proximidades da praia da Laginha, terem dado lugar à construção de um hotel.

Na sua intervenção, Ulisses Correia e Silva deu conta do compromisso da autoridade da Zona Económica Especial Marítima, que fica em São Vicente, para disponibilizar um terreno à feira na zona industrial do Lazareto para construção das suas instalações permanentes.

“Vamos apoiar a vamos tornar realidade aquilo que é, de facto, uma necessidade de termos instalações próprias, com boas condições permanentes para a FIC”, garantiu Ulisses Correia e Silva.

A maior feira de negócios do país conta este ano com 200 stands e mais de uma centena de expositores, representando, além de Cabo Verde, países como Portugal, Brasil, Estados Unidos, Áustria, Espanha e da Comunidade Económica Dos Estados da África Ocidental (CEDEAO). A Semana com Lusa

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project