NOS KU NOS

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Prisão para o agente da PN que matou a tiros colega Hamilton Morais 24 Novembro 2019

O agente da Polícia Nacional que matou, a tiros, em circunstâncias por esclarecer, o seu colega Hamilton Morais, em fins de Outubro, começa, na tarde deste sábado, a cumprir prisão preventiva na Cadeia Central de São Martinho, na Praia. Esta medida de coação foi tomada, hoje, pelo Tribunal da Praia, depois deste ter realizado o primeiro interrogatório ao arguido detido - tudo indica que este vai contestar a referida medida através do seu advogado.

Prisão para o agente da PN que matou a tiros  colega Hamilton Morais

Face à esta decisão, familiares da vítima estão, conforme confidenciam fontes que conhecem os meandros deste processo, agora mais aliviados, ao verem que começa-se a fazer a justiça contra o suposto autor material da morte de Hamilton Morais.

«A Polícia Judiciária informa que o Tribunal da Comarca da Praia aplicou Prisão Preventiva, como medida de coação, ao agente da Polícia Nacional detido, esta sexta-feira, 22, suspeito de ser o autor do crime de homicídio do então agente da PN, Hamilton Morais, ocorrido no passado dia 29 de outubro, em Tira Chapéu, na Praia», lê-se no comunicado da PJ remetido ao Asemanaonline.

O documento não especificou, no entanto, a causa principal que terá estado na origem deste crime – se for por disparos involuntários, por engano em direção ao alvo certo ou por queima do arquivo - agente Morais circulou emails com denuncias sobre investigações em curso que não avançavam, presumindo existir informantes dentro do corpo da polícia.

A fazer fé nas fontes deste jornal, estes aspectos todos serão esclarecidos em processo pelo acusado, sobretudo através do advogado que pretende constituir, junto do Tribunal da Comarca da Praia.

Autópsia para cadáver da vítima de Rebelião Chiqueiro e suposto criminoso a monte

Entretanto, o comunicado da Polícia Judiciária confirma, ainda, um crime de homicídio, com recurso a arma de fogo, ocorrido na manhã deste sábado, 23, na localidade de Ribeirão Chiqueiro, em São Domingos, que teve (ver este jornal) como vítima um indivíduo do sexo masculino, na casa dos 50 anos.

Segundo a PJ, o corpo da vítima encontra-se na morgue do Hospital Agosto Neto, na Praia, onde será sujeito a autópsia, na segunda-feira, 25 de novembro.

O documento revela, por outro lado, que na ocasião do crime, foi baleado um segundo indivíduo, que continua hospitalizado, neste momento.

A PJ faz também saber que as investigações prosseguem, no sentido de se localizar o autor dos crimes, que se encontra a monte.
— -
Links com matérias relacionadas:

https://www.asemana.publ.cv/?PJ-anuncia-Agente-da-PN-e-suposto-autor-da-morte-do-policial-Hamiltom-Morais&ak=1

https://www.asemana.publ.cv/?Praia-crime-Homem-e-baleado-mortalmente-em&ak=1

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project