ACTUALIDADE

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Privatização da TACV e exploração de linhas marítimas: MpD diz ser falso que Cabo Verde Airlines não quer gerar lucros 24 Agosto 2019

O MpD (no poder) considera que é falso dizer que a empresa Cabo Verde Airlines (CVA) não estará interessada em gerar lucros. A afirmação é do Secretario-geral Miguel Monteiro, em reacção às declarações do seu homólogo Julião Varela do PAICV, que também denunciou intransparência no processo da privatização da TACV e do concurso da concessão da exploração da linha de transporte marítimo inter-ilhas ganho pela companhia lusa Transinsular.

Privatização da TACV e  exploração de linhas  marítimas: MpD diz ser falso que Cabo Verde Airlines não quer gerar lucros

«É falso dizer que não houve investimento da parte do parceiro estratégico. Este investiu no aumento do capital social da empresa e garantiu, também, o financiamento de 22 milhões de euros que a empresa precisa para desenvolver o plano de negócios», lê-se no comunicado distribuído à imprensa.

O documento fundamenta que o Estado enquanto for acionista tem de assumir as suas responsabilidades na percentagem da sua participação no capital social da empresa. «Contamos que a saída total do Estado no capital social da empresa fique concluída até final deste ano», anuncia o SG do partido no poder.

Referindo-se aos transportes marítimos, Miguel Monteiro contra-ataca, afirmando que é redondamente falso que os armadores nacionais foram administrativamente afastados. «Continuar a insistir nesta falsidade é pura má fé. 49% do capital social da CV Interilhas (CVII) é detido pela grande maioria dos armadores nacionais. Mais de 10 armadores nacionais são acionistas da CVII», realçou.

Segundo a mesma fonte, a CVII, conforme o planeado, vai sim entrar com 5 navios.«A substituição far-se-á de forma faseada. Em outubro próximo, um barco novo estará a operar, conforme o compromisso assumido pela empresa publicamente», salientou, avisando que o Governo vai continuar a reformar sem medo, doa a quem doer.

Para o SG do MpD, PAICV é contra qualquer privatização. «Faz parte do seu ADN. Só o PAICV é que não aceita a realidade por não ter conseguido solucionar um problema em 15 anos - privatizar a TACV», vai replicando Miguel Monteiro, para quem temos « uma oposição que só pensa em lançar suspeitas na base de afirmações infundadas, indicando algum desnorteamento».

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau

blogs

publicidade

Newsletter

Abonnement

Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project