INTERNACIONAL

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Procurador-geral do Equador quer pulseira electrónica para ex-presidente 20 Junho 2018

O procurador-geral do Estado equatoriano, Paúl Pérez, pediu esta segunda-feira, 18, medidas cautelares, incluindo a colocação de uma pulseira electrónica, em relação ao ex-presidente do Equador Rafael Correa, numa audiência sobre um caso de sequestro.

Procurador-geral do Equador quer pulseira electrónica para ex-presidente

A procuradoria-geral informou sobre o pedido na sua conta da rede social Twitter e também exigiu medidas de protecção a favor de Fernando Balda e sua família, um ex-deputado e opositor de Rafael Correa, que alegou ter sido sequestrado há seis anos, na Colômbia.

"O procurador-geral, Paúl Pérez, solicitou medidas cautelares de apresentações periódicas às autoridades e o uso do dispositivo electrónico contra o ex-presidente Rafael Correa, e medidas de protecção a favor de Fernando Balda e da sua família", lê-se na mensagem colocada na rede social, citada pela Agência de Noticias Lusa.

O pedido, de acordo com a Lusa, foi efectuado na audiência do ex-presidente à investigação realizada pela Procuradoria-geral para o alegado sequestro de Fernando Balda. Entretanto, o Tribunal Nacional de Justiça do Equador analisa esta segunda-feira, se liga o ex-presidente equatoriano ao caso do alegado sequestro, sobre o qual já existem três acusados.

De referir, que Rafael Correa negou qualquer envolvimento nos factos e assegurou que este é um esquema das autoridades actuais do país com o objectivo de o eliminarem do mapa político equatoriano.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade
Cap-vert
Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project