ACTUALIDADE

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Programa “1 auditório por 1 município” aposta no empoderamento dos municipios relativamente a infraestruturas culturais 17 Abril 2018

O Ministrério da Cultura e das Indústrias Criativas iniciou o projeto “1 auditório por 1 município” na ilha de São Nicolau, com a assinatura de dois protocolos, num valor de 9 milhões de escudos cabo-verdianos para a reabilitação do Centro Cultural Paulino Vieira e a remodelação da Casa da Morna. Esta segunda conta com o financiamento do Fundo de Sustentabilidade Social para o Turismo (FSST).

Programa “1 auditório por 1 município” aposta no empoderamento dos municipios relativamente a infraestruturas culturais

O projeto está a ser conduzido pelo Ministério da Cultura e das Indústrias Criativas e foi pensado e desenhado após constatar que muitos municípios careciam de alguns investimentos para dotar as suas infraestruturas municipais de melhores condições para poderem receber espetáculos, de que género for, com melhor qualidade.

“O objetivo deste programa é criar infraestruturas municipais para que a programação nacional possa ter acolhimento em cada município. O que nós queremos é que também os pequenos municípios, como é o caso de Tarrafal de São Nicolau tenham auditórios capazes de albergar”, refere o governo.

Para a mesma fonte, com a remodelação da Casa da Morna, quer-se este espaço cultural de qualidade seja transformado num centro interpretativo da morna, potencializando a cultura na localidade de Praia Branca, Tarrafal de São Nicolau e com isto conseguir também dinamizar o turismo cultural, ajudar a autarquia no desenvolvimento do programa “Praia Branca - terra de sodade”.

Diz o MCIC que, através deste programa de âmbito nacional, cumpre-se assim o Programa do Governo para a cultura no referente a Valorização do Património Nacional – Apoio na constituição e requalificação de Casas-Museus de Escritores, Artistas e outras personalidades nacionais de renome.

“1 Auditório por 1 Município” aposta no emponderamento dos espaços e estruturas culturais, pela via da requalificação e apetrechamento, de forma a que os municípios possam receber grandes espetáculos, e proporcionar melhores condições aos artistas e público em geral.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade
Cap-vert
Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project