ECONOMIA

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

"Prosperidade comum" é slogan vazio na China de Xi — 600 M de pobres, 1% de ricos com 30,6% do PNB 01 Setembro 2021

O ideal de "Prosperidade comum" dos discursos do presidente Xi está ameaçado pela desigualdade na distribuição da riqueza nacional — com 600 dos 2.000 bilionários do mundo —, segundo apontou o mais recente relatório do ’Crédit Suisse’.

A última lista Forbes de milionários continua a não registar nenhum chinês, mas outras instituições que registam as maiores fortunas mundiais apontam que a República Popular da China, comunista e de economia liberal, tem mais de 5,28 milhões de milionários.

A classe média — com rendimentos anuais de 75 mil a 100mil USD — também está a crescer e irá atingir os 500 milhões em 2025.

Fontes: SCMP/Bloomberg/WSJ. Foto(Reuters): No 100º aniversário do PCC (21.jul.021), o ideal de erradicar a pobreza extrema está perto de ser atingido, mas a pobreza e a desigualdade ainda permanecem para a maior parte da população.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project