ACTUALIDADE

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Falecimento de José Eduardo dos Santos — Putin envia condolências, Cuba decreta luto nacional 10 Julho 2022

A informação é destacada no Instagram de Tchizé dos Santos, que agradeceu ao presidente russo. Na sua ’live’ dessa rede social, a filha segunda volta a pedir que o corpo do segundo presidente de Angola não seja transladado para Angola "não agora". Mais: Tchize pede a Espanha que dê "asilo a corpo de José Eduardo dos Santos" para evitar que seja "sequestrado pelo senhor João Lourenço".

Falecimento de José Eduardo dos Santos — Putin envia condolências, Cuba decreta luto nacional

A primogénita Isabel dos Santos afina pelo mesmo diapasão de não levar avante as exéquias programadas pela presidência de João Lourenço. Mas mais contida pede que "o corpo só seja trasladado depois das eleições".

Entre os líderes mundiais que reagiram de imediato à notícia do falecimento estão Putin, que enviou condolências ao povo angolano e aos familiares, Dias-Canel que decretou um dia de luto nacional em Cuba e lembrou JEs como "aliado de La Habana durante os seus 38 anos no poder".

O presidente da Republica Democrática do Congo, Félix Tshisekedi (foto em baixo à d.ta), declarou um dia de luto nacional e exprime "profuda tristeza face à morte deste ilustre amigo da RD Congo" que durante anos demonstrou um "apoio inabalável à salvaguarda de nossa integridade territorial diante das tendências beligerantes de nossos inimigos, especialmente nas horas mais sombrias de nossa história recente".

De Angola, Manuel Vicente, que foi seu vice-presidente, saiu do silêncio destacando JES (28.8.1942-8.7.2022) como "grande líder".

O ex-presidente português Ramalho Eanes (1976-86) afirma que Angola "muito fica a dever" a José Eduardo dos Santos, que conseguiu resolver, "com prudência e sucesso, os problemas que o chamado ’golpe Nito Alves’ terá provocado no seio da elite angolana".

Segundo Eanes, JES respondeu "com acerto político e sucesso final à guerra civil, tendo tido o mérito de defender a manutenção das Forças Armadas angolanas" com quadros provenientes do seu partido, o MPLA (Movimento Popular de Libertação de Angola) e UNITA (União Nacional para a Independência Total de Angola).

Mãe de Tchizé

Luísa Abrantes (foto ao centro) reagiu à morte do ex-marido com quem tem Tchizé e José Eduardo Paulino dos Santos, o artista ’Coréon Dú’ (na foto de família e ao centro).

"Tarde concluímos que éramos felizes e não sabíamos. Só se atinge a felicidade pessoal, quando a família está unida, mas priorizaste sempre a unidade nacional. Que Deus te dê o eterno descanso, que te tinha sido negado temporariamente pelos homens", escreveu.

Músico Paulo Flores: sentido com "esta perda que era p’ra ser de nós todos "

"Com a morte do presidente José Eduardo dos Santos, como angolano não pude deixar de sentir um vazio, uma tristeza. Acho que Angola está triste. Ontem todos perdemos um pouco da nossa história. Parte do que sonhamos. Este deve ser um momento de reflexão, de união, de paz e de perdão. Os meus sentidos pêsames à família mais chegada e a toda a família angolana que sente esta perda. Era pra ser nós todos", escreveu.

Imprensa

O Washington Post destacou a paz obtida em 2002, mas fustigou a cleptocracia do regime em benefício dos filhos do presidente José Eduardo dos Santos.

Já o New York Times recordou que, sob a liderança de José Eduardo dos Santos, "Angola combateu e (...) ganhou uma longa guerra civil contra rebeldes apoiados pela África do Sul e Estados Unidos". Mas também "foi acusado de corrupção e nepotismo e o crescimento económico a que presidiu beneficiou principalmente a sua família e um círculo de conselheiros".

Acabou com os fuzilamentos, a pena de morte

“José Eduardo dos Santos herdou o poder de Agostinho Neto no período de mais intolerância em Angola, tinha acontecido o 27 de Maio, foi um período terrível de fuzilamentos, (…) ele libertou os presos não ligados aos partidos armados" (...) e acabou com os fuzilamentos e com a pena de morte", destacou o escritor Agualusa mas sem esquecer que JES fez "escolhas terríveis" e instaurou "uma verdadeira cleptocracia”.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project