INTERNACIONAL

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Putin isolado nos ares. Europa fecha os céus a aviões russos 27 Fevereiro 2022

O ‘boicote aéreo’ inclui, além do bloqueio a voos russos, o fim de acordos com a Aeroflot e a suspensão de voos para Moscovo.

Putin isolado nos ares. Europa fecha os céus a aviões russos

A cada dia, a lista vai aumentando. Quase duas dezenas de países europeus já fecharam os seus espaços aéreos a aviões da Rússia, incluindo da sua principal transportadora Aeroflot e jatos privados.

A União Europeia estará a considerar uma proibição completa, para endurecer as sanções a Moscovo, indica uma fonte da diplomacia comunitária citada pela Reuters. A Áustria é um dos países que apoia essa ideia. Mas, mesmo assim, há quem esteja a avançar a título individual.

Até ao meio-dia deste domingo, a lista de países a banir voos russos contava com Alemanha, Bélgica, Bulgária, Dinamarca, Eslovénia, Estónia, Finlândia, Irlanda, Islândia, Itália, Letónia, Lituânia, Moldávia, Países Baixos, Polónia, Reino Unido, República Checa, Roménia, Suécia.

Países europeus que já confirmaram bloqueio a voos russos, a cinzento
Vladimir Putin e o Kremlin têm respondido na mesma moeda, proibindo voos vindos da Bulgária, Polónia, Reino Unido e República Checa.

Mas o ‘boicote aéreo’ do ocidente passa também por outras estratégias. A americana Delta Airlines decidiu suspender o acordo que tinha com a Aeroflot. Já a Lufthansa e a KLM suspenderam voos para a Rússia na próxima semana.

Para manter rotas para a Ásia, contornando o espaço aéreo russo, companhias como a britânica Virgin Atlantic ou a australiana Qantas admitem estar a fazer rotas mais longas, que podem obrigar a mais uma hora de voo.

A Ucrânia fechou o seu espaço aéreo a voos civis antes da invasão russa, na quinta-feira. Já as vizinhas Moldávia e Bielorrússia fecharam partes dos seus espaços aéreos a voos civis.

A situação no leste europeu não afeta diretamente a operação da portuguesa TAP. A companhia aérea não voa para a Ucrânia e suspendeu os voos para Moscovo no início da pandemia. Fonte oficial garante à CNN Portugal que as rotas asiáticas não passam pela área debaixo de conflito. A Semana com CNN Portugal

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project