LUSOFONIA

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

RCA: 215 militares portugueses partem hoje para missão da ONU 15 Novembro 2022

Uma força de 215 militares portugueses, na sua maioria tropas especiais paraquedistas do Exército, partem hoje para a República Centro Africana para integrar a missão da Organização das Nações Unidas (ONU) naquele país.

RCA: 215 militares portugueses partem hoje para missão da ONU

De acordo com informação divulgada pelo Estado-Maior-General das Forças Armadas (EMGFA), a 12ª Força Nacional Destacada, comandada pelo tenente-coronel Laranjeiro Neto, é composta por 215 militares que irão integrar a Missão Multidimensional Integrada das Nações Unidas para a Estabilização da República Centro-Africana (MINUSCA).

“Na sua maioria Tropas Especiais Paraquedistas do Exército Português, incluindo, também, militares de outras Unidades do Exército, que reforçam a sua capacidade operacional, um militar da Marinha Portuguesa e três militares da Força Aérea Portuguesa, que constituem uma Equipa de Controlo Aéreo Tático”, lê-se num comunicado enviado à imprensa.

A cerimónia de despedida realiza-se hoje, pelas 16:00, no Regimento de Transportes, em Lisboa, e vai contar com a presença do secretário de Estado da Defesa Nacional, Marco Capitão Ferreira, bem como do Chefe do Estado-Maior do Exército, general José Nunes da Fonseca, do Chefe do Estado-Maior do Comando Conjunto para as Operações Militares, vice-almirante Nobre de Sousa, do Diretor de Operações Aéreas, brigadeiro-general João Gonçalves, entre outras entidades.

A MINUSCA é uma das missões internacionais nas quais Portugal tem uma maior presença militar.

O Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU) renovou na segunda-feira, por mais um ano, a missão na República Centro-Africana (MINUSCA), tendo sido prorrogada até 15 de novembro de 2023.

O projeto de resolução, que renova o mandato da MINUSCA por um período de um ano dentro do seu atual teto de 14.400 militares e 3.020 polícias, obteve 12 votos a favor e três abstenções.

Atualmente, segundo o ‘site’ oficial do EMGFA, na República Centro Africana estão empenhados no âmbito da MINUSCA 251 militares portugueses e 45 meios.

A Semana com Lusa

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project