REGISTOS

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Reino Unido: Autodemissão de Harry e Meghan dos cargos reais — "Querem trabalhar e ter independência financeira" 11 Janeiro 2020

O príncipe Harry, o segundo filho do príncipe herdeiro do trono britânico, e a esposa Meghan anunciaram, na quarta-feira, 8, que renunciam aos cargos reais e pretendem “trabalhar para serem financeiramente independentes” e morar parcialmente “na América do Norte”.

Reino Unido: Autodemissão de Harry e Meghan dos cargos reais —

A autodemissão do casal, embora menos drástica que a abdicação em 1936 de Eduardo VIII, tio de Isabel II, é, segundo os media ingleses, tão fracturante como a decisão de Diana, mãe de Harry, de se retirar das obras de caridade geridas pela Casa Real, após o divórcio em 1996.

A repercussão da decisão tem a ver com a surpreendente vitalidade da monarquia britânica. É inegável o papel da Rainha de Inglaterra na coesão do Reino Unido e nos territórios independentes que a mantêm como soberana — como o Canadá, onde o Harry e a Meghan tencionam ter a sua segunda residência.

Os factos da vida da família real, tem-se visto para o melhor e para o pior, acabam por ter repercussões no coração dos súbditos e no “poder suave” do país na cena internacional.
— -
Fontes: BBC/Le Monde. Foto(AP): A colocação em separado das figuras de cera no famoso Museu Madame Tussaud, em Londres, acompanha o ’divórcio’ entre Buckingham, a sede do soft power/ poder suave de Isabel II, e o casal Harry-Meghan, que aos 35 e 38 anos "querem trabalhar e ter independência financeira".

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project