REGISTOS

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Reino Unido: Filho segundo quer sair da realeza, alegado filho enjeitado quer entrar 30 Janeiro 2020

Dias depois de rebentar a bomba da "Autodemissão de Harry e Meghan dos cargos reais", eis mais uma reviravolta protagonizada por um homem de 53 anos que diz ser o filho enjeitado do Príncipe Carlos, de 70 anos, e da sua atual esposa, Camilla, de 71 anos.

Reino Unido: Filho segundo quer sair da realeza, alegado filho enjeitado quer entrar

O engenheiro Simon Dorante-Day, nascido na Inglaterra em 1966 e adotado e levado para a Austrália, prepara-se aos cinquenta e três anos para obrigar o príncipe herdeiro da coroa britânica a submeter-se a um teste de paternidade.

Simon Charles Dorante-Day acredita que é filho de Carlos e Camilla, namorados na juventude e cujo casamento contrariado os levou a casar com outra pessoa. Mais de 40 anos depois, casaram-se em 2012, anos após a morte de Diana de Gales.

O alegado filho enjeitado do imediato herdeiro do trono britânico diz que tem provas. A primeira é que os avós adotivos trabalhavam no palácio real e contaram-lhe isso mesmo — que ele era filho de Carlos e Camilla — e que os nomes dos pais biológicos no seu assento de nascimento eram falsos.

Outra alegada prova é que a princesa Diana terá tido conhecimento da sua existência e estava prestes a falar sobre isso quando morreu em agosto de 1997.

Além disso, vários amigos nas redes sociais apoiam a sua pretensão ao trono: "Simon, não há dúvida de que tens sangue real". Outros apontam uma alegada "estrutura óssea facial semelhante à Rainha Isabel II". Ou ainda sobre fotos de bebé: "William era parecido contigo naquela idade".

Mas há quem questione: "Simon, como é que duas pessoas de olhos azuis podem ter um filho biológico de olhos castanhos?"

Alegados pais não comentam

Carlos e Camilla não comentam. Carlos teve dois filhos com Diana e Camilla teve dois filhos com o marido. Ambos os casamentos terminaram em divórcio, alegamente devido à profunda ligação entre os dois namorados da adolescência.

Realeza: Um quer entrar, outro quer sair

O príncipe Harry, o segundo filho do príncipe herdeiro do trono britânico, e a esposa Meghan anunciaram, no início deste mês, a 8, que renunciam aos cargos reais e pretendem “trabalhar para serem financeiramente independentes” e morar parcialmente “na América do Norte”. Uma decisão tão fracturante como a de Diana, mãe de Harry, de se retirar das obras de caridade geridas pela Casa Real, após o divórcio em 1996.

A repercussão da decisão tem a ver com a surpreendente vitalidade da monarquia britânica. É inegável o papel da Rainha de Inglaterra na coesão do Reino Unido e nos territórios independentes que a mantêm como soberana — como o Canadá, onde o Harry e a Meghan tencionam ter a sua segunda residência.

Os factos da vida da família real, tem-se visto para o melhor e para o pior, acabam por ter repercussões no coração dos súbditos e no “poder suave” do país na cena internacional.
— -
Fontes: BBC/Le Monde. Fotos(AP): Carlos e Camilla, jovens e na 3ª idade. Alegado filho. Harry.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project