INTERNACIONAL

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Reino Unido: Ministro da Saúde vacinado testa positivo — "Vacina não garante 100% de proteção, mas protege contra formas graves da Covid" 18 Julho 2021

O ministro britânico da Saúde, Sajid Javid, comunicou que testou positivo à Covid, mesmo com a vacinação total. Inevitável é associar os novos números — 54.674 diários no domingo, total de 5.386.340 casos (mais 25%) e 128.683 óbitos — ao estádio londrino de Wembley onde decorreram os jogos do Euro (de -6 a 11-7). Este foi o estrato (base) para novo ressurgimento de casos, com multidões a violar as duas regras básicas anti-Covid, distanciamento social e uso de máscaras, como se viu tanto nos estádios como em todo o tipo de aglomerações de adeptos propiciadas pelo campeonato europeu.

Reino Unido: Ministro da Saúde vacinado testa positivo —

Em três semanas a curva subiu de 4.828.463 para estes 5.386.340 casos. Mais do que de maio para junho, mais do que em maio quando a situação piorou, com as duas variantes Alfa e Delta — esta (azul turquesa na ilustração) que, por estes dias, ultrapassa os vinte e cinco mil casos diários e ultrapassou nesta sexta-feira os cinquenta mil no Reino Unido.

"Fiz um teste rápido" após "sintomas ligeiros" e enquanto "aguardo o resultado do PCR (laboratorial), estou em isolamento", tuìtou Javid às três semanas no cargo de ministro de Saúde e que coincidem com o Euro em Wembley.

Vacinado. O ministro conservador acentuou o facto de que "felizmente" recebeu as duas doses do imunizante AstraZeneca, em 17 de março e 16 de maio. "A vacina não garante 100 por cento de proteção face ao novo coronavírus, mas protege contra formas graves da Covid", confia Javid.

Reabrir a economia. O novo ministro da Saúde apoiou totalmente o plano do primeiro-ministro Boris para "reabrir totalmente a economia da Inglaterra" e mitigar o uso da máscara e as regras do distanciamento social. As novas regras entram em vigor amanhã, segunda-feira, 19. O reino desonfina, mesmo com os 54.674 casos deste domingo, 18.

Regras sanitárias

Sajid Javid , filho de paquistaneses nascido em Bristol, Inglaterra, substituiu há três semanas Matt Hancock obrigado a demitir-se ao ser apanhado em contradição com as regras sanitárias, que ele próprio impôs ao país das quatro nações.

"Quem fez estas regras deve obedecer-lhes. É por isso que me demito", disse Hancock, de 42 anos, em mensagem vídeo no último sábado de junho, 26, após um diário londrino publicar fotos comprometedoras (do ministro em maio a beijar a sua assessora, em violação às regras sanitárias que restringem o contacto físico às pessoas do mesmo agregado familiar).

De volta. Sajid Javid Javid — que tem larga experiência na governação: foi ministro da Administração Interna e ministro das Finanças — está de volta à Downing Street.

Tinha saído há ano e meio em choque com Dominic Cummings, o mais importante conselheiro do primeiro-ministro (Reino Unido: Bo Jo perde Cummings "o cérebro" e pode abrir Brexit II, 17.nov.020; Covid-19 no Reino Unido: Boris Johnson apoia Cummings que furou estado de emergência — "Todos errados, só 1 certo" causa 1ª baixa no governo, 28.mai.020.

2º da Europa

O reino das quatro nações é o segundo da Europa e o 7º mundial em número de infeções e aproxima-se dos 130 mil óbitos. Isto, não obstante o reino britânico estar entre os primeiros do programa vacinal — com mais de metade da população total vacinada.

Fontes: AFP/BBC/Twitter/Worldometers. Fotos (Getty): O novo ministro britânico da Saúde é Sajid Javid, de 51 anos, que substituiu Matt Hancock (à esqª), de 42 anos. A curva sobe influenciada pela variante Delta e acentua-se esta semana, no pós-Euro (atrasado) de 2021.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project