ECONOMIA

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Reino Unido: Sanções financeiras para Bissau, Moscovo ... — PM Johnson sob pressão do parlamento 24 Fevereiro 2022

O primeiro-ministro inglês questionado esta terça-feira no parlamento se o governo aplicou as sanções financeiras ao Kremlin, a resposta foi um "sim" — que não correspondia à verdade, como constatou a BBC Rádio. Horas depois, Boris Johnson apresentou a lista de sanções e a referência deixou de constar online.

Reino Unido: Sanções financeiras para Bissau, Moscovo ... — PM Johnson sob pressão do parlamento

Segundo a BBC Rádio ontem (3ªfª), o parlamento interpelou com severidade o primeiro-ministro. Horas depois, os noticiários indicaram que Boris Johnson voltou ao plenário para dizer que cinco bancos e três bilionários da Rússia vão ser alvo de sanções por parte do governo britânico.

O número causou espanto a todos quantos, na esfera geopolítica não só britânica e em outras áreas relevantes, esperavam que a medida abrangesse os 55 oligarcas identificados como "testas-de-ferro" do presidente Vladimir Putin.

A manobra de Boris Johnson representa a distância entre o dizer e o fazer. "O Ocidente" diz-se unido contra a Rússia, mas enquanto uns — Estados Unidos, ... — estão determinados a aplicar seriamente as sanções financeiras, outros titubeiam. Neste segundo grupo estavam, e ainda não deram sinais evidentes do contrário, a Alemanha e o Reino Unido.

"A mãe de todas as sanções"

Estados Unidos. O Senado determina-se a aplicar seriamente as sanções financeiras e, diz repercutindo pela imprensa, que está a montar uma lista de medidas que chama de "a mãe de todas as sanções".

O presidente Biden, disse que o homólogo russo, Vladimir Putin, "nunca viu sanções como as que prometi que seriam impostas".

Biden assinou uma ordem executiva que proíbe novos investimentos, comércio e financiamento por americanos nas regiões separatistas.

No entanto, diplomatas ocidentais evitam ser explícitos sobre penalidades específicas. A razão é estratégica, avançam analistas políticos, para manter a Rússia na dúvida.

Na noite desta segunda-feira 21, Putin ordenou o envio de tropas a duas regiões controladas por rebeldes no leste da Ucrânia, Luhansk e Donetsk, após Moscovo reconhecê-las como Estados independentes.

Bissau

O site para o qual o gabinete de comunicação direcionou a BBC traz algumas surpresas. Por exemplo a República da Guiné-Bissau apresenta dois nomes, C. de Carvalho, entre eles — nenhum deles da esfera política.

Fontes: BBC/Le Figaro/CBS/Sky News.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project