ACTUALIDADE

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Reino Unido: Truss demite-se, libra sobe, perfilam-se sucessores — BoJo de volta? 20 Outubro 2022

"Não posso cumprir o mandato para o qual fui eleita pelo Partido Conservador", afirmou esta quinta-feira Liz Truss, cuja queda tem origem na crise política e económica desencadeada pela turbulência nos mercados financeiros após a apresentação de um "mini orçamento\" em 23 de setembro com grandes cortes fiscais. Truss vai continuar a ser primeira-ministra do Reino Unido até ser escolhido um sucessor, o que poderá acontecer no próximo dia 28. Entretanto, há quem peça eleições legislativas antecipadas — e não é só o líder trabalhista.

Reino Unido: Truss demite-se, libra sobe, perfilam-se sucessores —  BoJo de volta?

Liz Truss seria a mulher certa não fosse pelo momento errado, dizem os seus fãs. Vai ficar na história como a pessoa que menos tempo ocupou o cadeirão da primatura: 45 dias desde o 6-9, antevéspera do novo reinado sob Carlos III que, no dia da demissão do ministro das finanças, não se conteve com um "Outra vez?!" à sua primeira primeira-ministra que o visitava pela segunda vez.

Há demasiadas coincidências infelizes neste percurso da Mary Elizabeth Truss. Uma, a décima-quinta vez que a rainha mais longeva da história deu posse a um chefe de governo veio a coincidir com o seu antepúltimo dia de vida. Outra, Liz demite-se ao fim de 45 dias, um recorde negativo de permanência no cargo.

No entanto, entrou no número 10 da Downing Street debaixo de convictos votos de bons sucessos, augurava-se-lhe um lugar na história — igual ao da sua antecessora Margaret Thatcher. Isto é o que se pode concluir após uma breve revista do que se escreveu em menos de dois meses sobre a segunda mulher a ascender ao mais importante cargo eleito no Reino Unido.

Promessas por cumprir: Em vésperas de ser eleita inter pares prometera: "Se for eleita primeira-ministra vou agir de imediato sobre as contas e o fornecimento de energia". Tinha um plano e ia apresentá-lo na semana seguinte.

Nessa semana seguinte e sucessivas, o que se viu foi uma governação a ser qualificada de caótica tanto do lado dos opositores quanto do lado de uma facção dos Tories.

Gaffes na primatura

Houve-as, como ... Houve-as, por antecipação como quando indispôs o importante lobby judaico: Reino Unido-Israel: "Os valores judaicos são os mesmos dos Tories", diz Liz Truss —Provável próxima PM baralha estratos judaicos e função pública ’woke’, 15.ago.022.

BoJo de volta?

Os analistas começam a apontar os possíveis sucessores na primatura. Sunak, que perdeu em 5 de setembro a final perante Turss. Boris Johnson, que poderá estar a preparar o regresso a Downing Street depois da queda em agosto.

...

Relacionado: Reino Unido-3ªfª 6.9.’22, Liz Truss : Rainha confere posse à sua 15ª primeira-ministra, 06.set.022; Reino Unido-3ªfª 6: Liz Truss : "Se for eleita primeira-ministra vou agir de imediato sobre as contas e o fornecimento de energia, 06.set.022; Reino Unido-Liz Truss: PM garante ficar até próximo PM ser eleito (...), 18.out.022.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project