INTERNACIONAL

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Reino Unido em suspense: Partygate, resgate aéreo Kabul-Londres — Boris Johnson acusado de autorizar voo de cães em detrimento de pessoas 31 Janeiro 2022

Emails vazados são dados como prova de que enquanto afegães com cidadania britânica desesperavam no aeroporto para sair do país, em agosto último, o primeiro-ministro Johnson tinha autorizado o dono dum canil a embarcar com 150 animais de estimação.

Reino Unido em suspense: Partygate, resgate aéreo Kabul-Londres — Boris Johnson  acusado de autorizar voo de cães em detrimento de pessoas

Segundo emails vazados do gabinete do ministro dos Negócios Estrangeiros, "o primeiro-ministro autorizou" o embarque, em 25 de agosto de 2021, de mais de 150 cães e gatos para o Reino Unido a pedido de Pen Farthing (foto), um veterano da Marinha dono dum canil em Cabul. Johnson é acusado de dar prioridade a este resgate quando muitos afegães desesperavam no aeroporto de Cabul para sair do país.

O Reino Unido é creditado com o envio de nove aeronaves — quatro C-17s, um A400M, um C-130 e três Voyagers — para ajudar a operação de resgate de britânicos e trabalhadores afegães leais ao Reino. Terão sido assim salvas mais de 15 mil pessoas, entre tradutores e famílias. Porém, muitos ficaram para trás, inclusivamente afegães com dupla nacionalidade.

Apesar de negar ter escolhido animais de estimação e abandonar pessoas em risco de perder a vida, Boris Johnson está a ser acusado de ter feito parte de toda a operação, depois de muita publicidade por parte de Farthing para retirar os animais do Afeganistão.

Denúncia feita ao Parlamento, primeiro-ministro nega

O assunto foi trazido a público por Raphael Marshall, funcionário do MNE, que entregou no fim do ano de 2021 um documento ao Parlamento com testemunhos sobre a operação de resgate em Cabul.

De acordo com Marshall, o primeiro-ministro do Reino Unido pediu para que houvesse capacidade de transporte para os animais da associação de Farthing. Apesar das acusações, Boris Johnson sempre recusou ter dado prioridade a animais em vez de cidadãos no aeroporto da capital afegã.

Cadeias televisivas britânicas como a Sky News e BBC também revelaram testemunhos de uma outra empregada de Johnson: que houve indicações para arranjar uma companhia aérea disposta a trazer os animais.

A somar ao "Partygate" (Reino Unido: Vinho às sextas na sede de governo trama BoJo), o novo escândalo abala a primatura de Johnson. Será que é desta que ele sai mesmo?, pergunta não só das bancadas trabalhistas mas de entre os correligionários tories.

Fontes: BBC/Sky News/Express.co.uk/. Relacionado: Cabul: Míssil dos EUA errou alvo e matou família de 10 com 6 crianças — Pentágono vai investigar "ação motivada por ameaça iminente", 30.ago.021; EUA: Exército em Cabul matou 10 inocentes por erro: "Pensaram ser explosivos, mas era só água", apurou o NY Times, 15.set.021. N.R. Kabul na terminologia aeronáutica. Cabul: a forma oficial da ortografia vigente.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project