ACTUALIDADE

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Religião católica continua a dominar em Cabo Verde apesar de quebra em dez anos 08 Dezembro 2022

A percentagem da população cabo-verdiana que pratica a religião católica caiu em dez anos de 77,4% para 72,5%, segundo dados finais do Recenseamento Geral da População e Habitação realizado em 2021 ((RGPH-2021).

Religião católica continua a dominar em Cabo Verde apesar de quebra em dez anos

De acordo com os dados do relatório sobre a população do Instituto Nacional de Estatística (INE) de Cabo Verde, obtidos a partir do RGPH-2021, dos 352.494 residentes com idade igual ou superior a 15 anos, 72,5% (255.511) praticavam a religião católica à data da realização do censo, em junho de 2021, enquanto a religião islâmica era seguida por 1,3% (4.616), ambas caindo face ao recenseamento de 2010, respetivamente, de 77,4% e de 1,8%.

Em 2021, a segunda religião mais seguida em Cabo Verde era a adventista, com 1,9% (6.626) e depois a protestante, com 1,8% (6.175).

Contudo, 54.814 cabo-verdianos declaram-se sem religião, equivalente a 15,6% da população com idade igual ou superior a 15 anos, quando em 2010 essa percentagem era de 10,8%.

Cabo Verde tinha, em 2021, uma população residente total de 491.233 pessoas, uma ligeira redução face a 2010, segundo dados definitivos do quinto RGPH-2021, mas muito abaixo das estimativas, que apontavam para mais de meio milhão de habitantes.

O RGPH-2021 de Cabo Verde, a maior operação estatística do arquipélago, ao envolver cerca de 2.000 profissionais, decorreu no terreno, com a recolha de dados totalmente em formato digital, de 16 de junho a 07 de julho de 2021.

Em agosto seguinte, na apresentação dos dados então provisórios, o INE referiu que tinham sido recenseados na operação 483.628 habitantes, o que seria uma redução de 1,6% face ao recenseamento realizado em 2010, passando ainda a contabilizar mais homens do que mulheres.

Cabo Verde já realizou quatro recenseamentos após a independência, em 1980, 1990, 2000 e 2010. No anterior realizado, em 2010, a população residente no arquipélago então contabilizada foi de 491.875 pessoas, 117.289 agregados familiares, além de 114.297 edifícios e 141.761 alojamentos.

Este quinto Recenseamento Geral da População e Habitação deveria ter ocorrido em 2020, mas foi adiado para o ano seguinte, face à pandemia de covid-19.

A Semana com Lusa

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project