ACTUALIDADE

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Reportagem: Fogos de artifício, espetáculos musicais com danças e jantares marcam a virada do ano em vários pontos do país 30 Dezembro 2022

Vem aí o 2023. Para aqueles que pretendem passar o fim de 2022 em grande, pode escolher várias opções de atividades previstas para a noite de 31 de dezembro, com vista a celebrar a virada do ano. A nossa redação foi inteirar desses eventos de réveillon nas principais cidades do país, como Praia, Assomada, Santa Maria e Mindelo, com destaque para os tradicionais bailes do fim do ano e fogos de artifícios. Mas a festa promete ser mais rija sobretudo na Capital e na cidade do Mindelo.

Reportagem: Fogos de artifício, espetáculos musicais com danças e jantares marcam a virada do ano em vários pontos do país

Diferentemente do que foi nos últimos dois anos, quando o país estava a atravessar pela pandemia da Covid-19 e registrava altos índices de casos de infeção, levando o Governo a decretar Situação de Contingência, e tendo com isso sido proibido festas na via pública e apenas permitido festejos privados mediante apresentação de teste de Covid-19, este ano, com a situação já normalizada, as habituais festividades de fim de ano regressam ao país com todo o entusiasmo.

Começando pela cidade da Praia, mais concretamente no largo da Quebra Canela, é possível celebrar o novo ano com um espetáculo promovido pela Câmara Municipal da Praia, com direito ainda a fogos de artifício. O certame começa a partir das 22:00H, prolongando-se até às 04:00H de madrugada. Quem passar por lá vai poder presenciar atuações musicais de artistas como SOS Mucci, MC Acondizé, PCC, Zé Mário (ex Bulimundo), Vanessae Sandro Monteiro. Já o cair do pano se dá com o rei da pop, Gil Semedo.

Pode-se também, além da tradicional virada de ano promovido pela Câmara, disfrutar de outras atividades, como por exemplo o “Raja Réveillon”, organizado pelo Grupo Kanekinha, que oferece ao público uma noite de música dos anos 80, 2000 e 2022, de todos os estilos musicais, comandados por DJs de Cabo Verde e da diáspora, como DJ Pensador, DJ Hector Som, DJ Tchutchá, DJ iLL Nyce (dos EUA pela 1ª vez em Cabo Verde) e DJ Tailine (diretamente de Portugal). O local do evento situa-se em frente ao Auditório Nacional, na Tenda Multiusos Gilpalcos.

Segundo apurou a reportagem do Asemanaonline junto da organização, o lugar do evento dispõe de área de relax com tapetes relvados confortáveis para que as mulheres possam tirar os sapatos e descansarem os pés e também possui um parque de estacionamento. Outra garantia da organização é a segurança do local, que será vigiada em todo o redor do espaço.

Há também uma outra opção de virada de ano na Capital, desta feita para aqueles que queiram passar o ano à beira mar, com os pés na areia. Trata-se da festa “Aloha Beach Reveillon” promovida pela “Sigue Sabura”, que acontece na Linha D´água, Prainha. O evento decorre até ao raiar do dia, que será abrilhantado com atuações de DJs surpresas.

Onde também pode-se passar o festejo de entrada ao novo ano, é no Parque Diversões 5 de Julho. A nova gerência do local avançou que a noite é celebrada com toda pompa, com DJs e Bandas variadas. E haverá também queima de fogos de artifício. Ao público, será sugerido o traje branco para combinar com o momento, que simboliza paz e harmonia. O evento proporciona aos seus clientes bebidas, petiscos e piscina.

A cidade de Assomada não fica também de fora das celebrações do fim do ano. Para os seus munícipes, a Câmara de Santa Catarina organizou um grande show a ter lugar na zona pedonal, com artistas como Annah Shantel, Fidjus di Code di Dona, Lito Freire, Trakinuz, Bedja KP, Mito Kaskas, Eddu Egroove.

Sal e São Vicente

Saindo agora da ilha de Santiago rumo a ilha do Sal, conversamos com colaboradores do Hotel Morabeza, onde nos revelaram que pretendem fazer um jantar só para clientes, porque conforme justificam o hotel se encontra cheio.
O Hotel Odjo d’Água, em Santa Maria, vai, por seu turno, realizar um jantar com um cardápio variado.

Já em S. Vicente, a Câmara Municipal revelou que estão agendados o tradicional fogo de artificio e o bailie monumental na Rua de Lisboa. Os artistas Denis Graça e Deejay Telio e a banda Bulimundo são os atractivos do baile de passagem de ano na Rua de Lisboa, que regressa, assim, dois anos depois, devido à pandemia da covid-19.

Segundo a Inforpress, a festa, uma iniciativa da Câmara Municipal de São Vicente e parceiros, principia às 00:30 com leque diversificado de artistas locais e convidados, entre eles a Banda Serenata, Leonel Almeida, Constantino Cardoso, Edson Oliveira, João Eugénio e Gabriela Mendes.

Contudo, as festividades de fim de ano, como sempre, em São Vicente, arrancam mal cai a noite com o “tocá racordai”, prosseguem com o “pit na baia” e prolongam-se pela madrugada fora com bailes para todos os gostos e … bolsos.

Para além dos bailes dos hotéis, não faltam, igualmente, os bailes de malta, um pouco por toda a ilha e, assim, cada um festeja a passagem de ano conforme o “peso do bolso”, mas com aposta no divertimento e na sã convivência, lembra a Inforpress.

Os hotéis, dizem os seus responsáveis, estão cheios, ou andam lá perto, e cada um promete o melhor réveillon. Conforme apurou o Asemanaonline, o Oásis Atlântico Porto Grande, por exemplo, brindará seu público com um jantar especial, no Bar Lobby que vai prolongar-se até às 01h00 do dia 01 de janeiro de 2023, acompanhado de uma boa música de Gai em Live.

A cidade do Mindelo está, segundo a Inforpress, ornamentada com cores e luzes da época. A Polícia Nacional, por seu lado, “está de olho” e, a partir das 22:00 de sábado, 31, no âmbito do plano “Passagem de Ano em Segurança”, todo o efectivo do comando de São Vicente está convocado para garantir a segurança pelas ruas do Mindelo neste dia especial, numa operação que vai durar até a madrugada de primeiro de janeiro.

De realçar que estes são apenas as informações de atividades que a nossa redação teve acesso, em que não faltam várias outras opções de passar a virada do ano de acordo com o bolso de cada um.

Prevenção contra criminalidade

Contudo, todo o cuidado é pouco face à onda de criminalidade registrada nos últimos tempos no país, gerando insegurança por parte da população, que se vê com medo de transitar pelas ruas, sobretudo nesta quadra festiva em que há uma maior movimentação de pessoas entre emigrantes, turistas e residentes.

A pensar nisso, a Polícia Nacional (PN) elaborou um plano de ação de Natal/Fim de ano, para garantir a segurança pública, particularmente na cidade da Praia, onde a criminalidade com assaltos à mão armada e roubos, tem atingido níveis preocupantes. Esta operação envolve mais de 500 efetivos que trabalham para travar a criminalidade, diminuir o sentimento de insegurança e da sinistralidade rodoviária, salvaguardando a integridade física dos cidadãos e seus bens.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project