SOCIAL

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Retificação relativa à data da ocorrência da morte de « Eurico Barros, ativista da nova poesia pós-independência» 30 Agosto 2018

Retificação relativa à data da ocorrência  da morte de « Eurico Barros, ativista da nova poesia pós-independência»

O “A Semana” com base em fontes próximas, escreveu que o malogrado Eurico Barros “na terça-feira, foi encontrado morto nos seus aposentos, dois dias depois de deixar de ser visto pela última vez”. Afinal, foi visto não dois dias antes mas no dia anterior, segunda-feira.

Esta quarta-feira recebemos da mãe, D. Marlene Barros, um pedido de retificação, como segue:

“O malogrado “foi na segunda-feira visto a ir comprar pão e outras coisas”. A mãe refere: “eu à tardinha por volta das 17H30 ou 18H00 estive na janela do quarto dele, a falar com ele abençoando-o e pedindo que fosse à clínica (…) onde poderiam pôr-lhe o gesso no pé (de que ele estava a coxear).

“Agradeço-vos esta correção para a tranquilidade dos filhos que estão longe e a quem esta notícia com a informação (contida no excerto acima referido) aprofundou mais as suas dores com a perda do irmão amado”, remata a enlutada mãe.

Fica a correção, relativa à data, porquanto a notícia em nenhum momento se refere a um hipotético desaparecimento. Em coerência com a informação recolhida : "na terça-feira, foi encontrado morto nos seus aposentos. Fora visto pela última vez, na tarde de segunda-feira, como decorre do relato da mãe”. Veio a ser encontrado na terça-feira à tarde, portanto um pouco antes de 24 horas após ser visto pela última vez.

O ’A Semana’ apresenta as mais sentidas condolências aos familiares no país e na diáspora.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade



Mediateca
Cap-vert

blogs

Newsletter

Abonnement

Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project