INTERNACIONAL

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Retirados civis da Azovstal; Espaço aéreo sueco violado 30 Abril 2022

Este sábado marca-se (já) o 66.º dia de conflito na Ucrânia, com um dos focos a manter-se na fábrica siderúrgica Azovstal. O presidente da câmara da cidade ucraniana sitiada de Mariupol, Vadym Boichenko, avisou que as pessoas que lá estão retidas estão a ficar sem comida e água e não conseguirão resistir por muito mais tempo.

Retirados civis da Azovstal; Espaço aéreo sueco violado

Srgundo nm, este sábado,30 marca-se (já) o 66.º dia de conflito na Ucrânia, com um dos focos a manter-se na fábrica siderúrgica Azovstal. O presidente da câmara da cidade ucraniana sitiada de Mariupol, Vadym Boichenko, avisou que as pessoas que lá estão retidas estão a ficar sem comida e água e não conseguirão resistir por muito mais tempo.

Já o presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, acusou esta sexta-feira a Rússia de tentar destruir o Donbass, no leste da Ucrânia, e todos os que vivem naquela região, com constantes bombardeamentos "violentos" a "infraestruturas e áreas residenciais".

O ministro dos negócios estrangeiros russo, Sergei Lavrov, disse que o seu país não se considera em guerra com a NATO e pediu, em entrevista publicada hoje pela agência chinesa Xinhua, à NATO e aos Estados Unidos que parem de entregar armas à Ucrânia.

Entretanto, um avião russo de reconhecimento foi detetado a violar o espaço aéreo da Suécia na sexta-feira, revelou hoje o Estado-Maior sueco, numa altura em que o país escandinavo pondera uma adesão à NATO, conclui a fonte deste jornal.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project