CORREIO DAS ILHAS

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Ribeira Grande de Santiago: Autarca reconhece desafios mas confiante num futuro melhor para o concelho 31 Janeiro 2022

O presidente da Câmara Municipal de Ribeira Grande de Santiago, Nelson Moreira, reconheceu hoje que o concelho enfrenta vários desafios, mas está “confiante e esperançoso” de que o futuro será “melhor e com mais desenvolvimento”.

Ribeira Grande de Santiago: Autarca reconhece desafios mas confiante num futuro melhor para o concelho

O autarca discursava na sessão solene do Dia do Município de Ribeira Grande de Santiago, na Cidade Velha, que completa 17 anos, sublinhando que a situação que hoje se vive por causa da pandemia pôs em evidência as suas fragilidades, mas também o espírito de solidariedade, a resiliência e capacidade de reinventarem a cada desafio.

“Sabemos que os desafios que despontam no horizonte são gigantescos, que há ainda muito que fazer para acudir e cuidar, sobretudo neste contexto adverso que ainda vivemos e viveremos ainda por algum tempo, com muitas incertezas por causa da pandemia da covid-19”, afirmou, acrescentando que há “confiança e esperança num futuro melhor, com mais desenvolvimento, menos desigualdades, mais competitividade, menos desemprego e mais oportunidade, saúde e bem-estar para todos”.

Nelson Moreira mostrou-se convicto de que 2022 será “um bom ano” para o seu município, no que toca a “realizações visíveis e sensíveis”, indicando que “muito brevemente”, as obras de requalificação da orla marítima da Cidade Velha serão retomadas e concluídas, assim como está a ser negociado com o Banco Mundial um “importante pacote” de requalificação e salvaguarda do centro histórico da Cidade Velha.

“Por outro lado, daremos em 2022 um impulso na edificação de um conjunto de infra-estruturas municipais, a par da requalificação urbana e de um olhar sensível orientado para a construção assistida de habitação de cariz social”, disse, avançando que o município será dotado de “importantes instrumentos de gestão territorial”, com uma agenda mais ajustada a nível do saneamento e do ambiente.

Por seu lado, o secretário de Estado Adjunto do primeiro-ministro, Lourenço Lopes, em representação do Governo na sessão solene, afirmou que o Executivo, em relação ao município de Ribeira Grande de Santiago ou outros 21 municípios de Cabo Verde, “tem mantido uma relação de grande lealdade institucional”, porque este Governo acredita no poder local “autónomo e pujante”, já que muito do sucesso da governação a nível nacional resulta daquilo que é o desempenho dos vários municípios.

Segundo Lourenço Lopes, relativamente à Cidade Velha que hoje celebra o Dia do Município, tem havido uma “atenção especial e inequívoca” por parte do Governo, acreditando que há condições para “reforçar a atenção” do Governo relativamente a Ribeira Grande de Santiago.

“Os presidentes da câmara e assembleia municipais colocaram questões que tem que ver, por exemplo, com a construção dos novos Paços do Concelho e a construção de um novo Centro de Saúde e são questões que levarei para o Governo e, igualmente, algumas propostas avançadas pelo Presidente da República”, assegurou, garantindo que fica a manifestação da “vontade política do Governo em reforçar o estatuto de Cidade Velha enquanto Património Mundial da Humanidade e ser também um factor de desenvolvimento para a ilha de Santiago e Cabo Verde”. A Semana com Inforpress

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project