ACTUALIDADE

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Rui Semedo é o único candidato oficial a presidente do PAICV em Cabo Verde 06 Dezembro 2021

O deputado Rui Semedo, atualmente presidente interino, é o único candidato à liderança do Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV, oposição) nas eleições diretas de 19 de dezembro, disseram hoje à Lusa fontes do partido.

Rui Semedo é o único candidato oficial a presidente do PAICV em Cabo Verde

Conforme o calendário eleitoral, as propostas de candidaturas a presidente do partido podiam ser entregues até domingo, o que fizeram os mandatários da candidatura de Rui Semedo.

"Hoje, os meus mandatários, nacional e para as mulheres, Démis Lobo e Joanilda Alves, respetivamente, entregaram o dossier de candidatura à CNJF [Comissão Nacional de Jurisdição e Fiscalização] do PAICV", informou Rui Semedo na sua página oficial da candidatura citada pela Lusa.

"Foi um momento de muito orgulho e é com o sentimento claro de compromisso e entrega que abraço este desafio de me candidatar ao importante cargo de presidente do nosso grandioso partido", prosseguiu o político, esperando contar com todos.

Ainda conforme o calendário eleitoral, o partido tem até terça-feira para confirmar a admissão ou não de candidaturas.

Na semana passada, Rui Semedo apresentou a sua candidatura e defendeu um reencontro com as "raízes" e a "mobilização dos militantes", mas sem adiantar se pretende concorrer a primeiro-ministro em 2026.

"O PAICV precisa de ser um partido de todos os cabo-verdianos. Para além de ser um partido dos militantes", afirmou o antigo líder parlamentar do PAICV e antigo ministro da Defesa e dos Assuntos Parlamentares no Governo do PAICV, garantindo que para já só concorre a este mandato, de três anos (2022-2024).

Acrescentou que só depois desse período — apenas com eleições autárquicas, em 2024 - é que avaliará o futuro, nomeadamente tentar um segundo mandato e concorrer ao cargo de primeiro-ministro nas eleições legislativas de 2026.

"É claro que deve-se preparar, permanentemente, para os desafios futuros. O partido não se prepara apenas para o presente, neste momento preparamo-nos para os desafios de 2024 [autárquicas], vamos lançando também as bases para 2026 [legislativas]", afirmou Rui Semedo, aos jornalistas.

E garantiu que é "cedo demais" para falar das legislativas de 2026, já que a anterior eleição aconteceu ainda em abril deste ano.

Segundo ainda a Lusa, o PAICV, que está a ser liderado interinamente precisamente pelo vice-presidente Rui Semedo, vai realizar eleições internas em 19 de dezembro, para a escolha do novo presidente, face à demissão de Janira Hopffer Almada, após derrota nas eleições legislativas de 18 de abril, nas quais o Movimento para a Democracia (MpD, no Governo) renovou a maioria absoluta.

Depois das eleições, o maior partido da oposição cabo-verdiana vai realizar o seu Congresso Nacional entre 28 e 30 de janeiro de 2022, refere a mesma fonte.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project