INTERNACIONAL

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Rússia: Mais desfalque em missões de combate com "incêndio" hoje do único porta-aviões 23 Dezembro 2022

O navio ’Almirante Kuznetsov’, de fabrico ucraniano, é o único porta-aviões de que dispõe a Rússia. A imprensa anunciou "o incêndio esta manhã", mas segundo um porta-voz da TASS "não houve um incêndio, apenas uma ignição local, que foi apagada às 11h30 pela força de trabalho e pelos bombeiros presentes nas dependências do estaleiro". Cerca de 20 trabalhadores foram evacuados do porta-aviões, "ninguém se feriu e técnicos estão avaliando a extensão dos danos ao navio".

 Rússia: Mais desfalque em missões de combate com

"O sistema de controlo de avarias do navio", foi prontamente acionado e não há danos", assegurou Alexey Rakhmanov, o CEO da United Shipbuilding Corporation, à agência oficial russa TASS.

Segundo a AP-Associated Press, "atrasos e acidentes prejudicaram a revisão em curso do ’Almirante Kuznetsov’, iniciada em 2017 e inicialmente prevista para terminar em 2021.

Rakhmanov garantiu à imprensa russa, em junho, que o ’Almirante Kuznetsov’ — fabricado na era soviética e com uma tripulação de 1.960 efetivos, incluindo 518 oficiais — voltará ao serviço no início de 2024, com quase três anos de atraso.

Com um convés de 306 metros de comprimento, o ’Almirante Kuznetsov’ — construído na década de 1980, nos Estaleiros do Mar Negro, na cidade de Mykolaiv, no sul da Ucrânia — tem capacidade para transportar 26 aviões e 24 helicópteros e dispõe de diversos sistemas de lançamento de mísseis.

Foi usado pela primeira vez em missões de combate na Síria, entre novembro de 2016 e janeiro de 2017, de acordo com a TASS.

Fontes referidas.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project